O ano passado – Parte I

Nesta 1ª parte de minha retrospectiva, alguns momentos-umbigo  especiais:

Projetos na blogosfera

Há um ano, mudei para o domínio próprio, com novo visual para o blog. Já está na hora de nova mudança. Estou à procura de um novo template para o Sturm und drang!, e assim que eu encontrar o que procuro,  começaremos as alterações. Só no visual , é claro, pois estamos muito bem na Via hospedagem, uma empresa Porto Fácil , com a assessoria excelente do Jânio Sarmento e do Daniel Becher. Depois de passar dias fora do ar na antiga hospedagem, recomendo o serviço dos meninos aí.

Reativamos o projeto Na Roda de Leitura, no qual registro o que os alunos escrevem sobre textos literários lidos em sala de aula,  utilizando a linguagem com que mais se identifiquem:  desenho, poesia,  música,  depoimentos , vídeos ou o que mais a imaginação deles ditasse. Foi um ano produtivo e me senti orgulhosa deles.

Continuamos participando do Projeto Faça a sua parte,  que, há um ano lançou a campanha “Faça do Verde o seu Dia!” e  o “Calendário Verde”, um centro de informações sobre datas importantes do meio ambiente. Outro projeto legal do Faça foi a criação do blog Lili faz sua parte, para a divulgação de projetos escolares e de trabalhos das crianças e adolescentes sobre o meio ambiente. Só boas idéias que foram reconhecidas pela revista Época , que publicou, em seu Blog do Planeta, uma seleção de “os 10 melhores sites verdes do Brasil” Bom demais!

Com uma grande satisfação, fui convidada pelo querido Tamanaha, para participar da Rede Ecoblogs, um canal de divulgação da questão ambiental, que, com o apoio da Fundação MAPFRE, socializa as idéias sobre sustentabilidade, meio ambiente e consumo consciente, agregando vários posts relacionados ao tema, publicados pelos blogueiros participantes, que pensam e agem para tornar este mundo mais sustentável. Muito gratificante.

Outra alegria foi participar do Abre aspas para a poesia e do Pausa para a poesia, promovidos pela Lunna, que têm por objetivo ampliar ainda mais o espaço da poesia em nossas leituras. Foi um tal de espalhar poesia pelos blogs! Maravilhoso!

Vida sustentável

Minha filha, aos poucos vai incorporando as boas idéias para viver de modo mais responsável, protegendo o ambiente. Fizemos o nosso primeiro sabão ecológico, com óleo usado. Fiquei feliz ao perceber que muita gente está aderindo à idéia. O planetinha agradece.

Aderi de vez ao uso das sacolas alternativas. Já se tornou um hábito, para mim, colocar meus produtos diretamente dentro da bolsa (uso as grandes), recusando as embalagens plásticas, quando vou  ao supermercado,  à farmácia ou ao armarinho. Quem leva o lucro maior, com certeza, é o Planeta.  Afinal, as sacolas plásticas infelizmente ainda acabam indo parar onde não devem.

Na busca por alternativas para limpeza de casa com produtos caseiros,  optei por substituir o cloro pelo vinagre e o bicarbonato de sódio, mais naturais e igualmente eficientes. Limpam e desinfetam tão bem quanto os produtos de limpeza convencionais. O difícil foi convencer as faxineiras de que eles funcionam.

Abandonar o hábito de comer carne vermelha foi fácil; a de frango, ainda estou evitando, aos poucos; mas, a de peixe,  tem sido mais difícil. Espécies podem entrar em colapso, e tenho de conseguir fazer a minha parte. Eu chego lá.

Tecnologia e educação

Logo no início do ano letivo, dei-me conta de que, para os alunos que realmente desejavam ampliar sua cultura e saciar sua sede de conhecimento, não era suficiente ficar assistindo a aulas, somente sentados naquelas carteiras. Precisei rever meus métodos. Percebi que nós, professores, talvez já tenhamos sidos descartados e engolidos pela máquina globalizante. Deu vontade de parar e me aposentar.

Participei do Movimento Blog Voluntário, que promove posts direcionados a quem tem pouca habilidade com o computador. Os artigos, tutoriais e tantas outras dicas continuam sendo uma maravilha para mim! Ainda estou aprendendo muita coisa.

Assisti às palestras sobre Tecnologia e Educação: uma nova escola para um novo aluno no terceiro Descolagem, que aconteceu na sensacional escola do futuro, NAVE. Percebi que muitos de meus colegas não se interessam em se atualizar em relação a essas inovações, embora a tecnologia esteja presente na escola ,  as concepções pedagógicas são influenciadas teoricamente pela pedagogia tradicional e competitiva do mercado de trabalho e do vestibular. E o professor continua, desesperadamente, a transmitir informações que são decoradas pelos alunos. Triste.

Pelo mundo

Um leve tremor de 5,2 graus na escala Richter, que durou menos de um minuto, atingiu cidades do Estado de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro. Eu estava sentada na cadeira, em frente ao PC, e senti uma vibração no chão, por duas vezes.

Mas, nada abalou mais este país que a tragédia da inundação que ainda abate o sul do Brasil. Lastimável que, em meio a tanta solidariedade, a cobiça humana falou mais alto; mas, aos olhos do ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, o roubo de doações não significou absolutamente nada diante dos milhões de brasileiros que se dispuseram a doar e a ajudar no empacotamento, no transporte, na distribuição e na entrega dessas doações. Nem comento.

Dor compartilhada

Só quem perde um filho sabe a dor que é. Nestes dois anos com meu anjo, tive a oportunidade de conversar com outras duas mães que sentem a dor-de-mãe:  Glória Perez, que veio compartilhar comigo o sentimento de ver agredida a memória de um filho que já não está com a gente. Aprendi a conter a sede de vingança e perdoar.  E me vi impulsionada a começar de novo e tentar reviver do marasmo em que me encontrava.

E conversei também com  Odele, que, forte, decidida, apoiada neste amor incondicional, à busca de uma vida digna para sua filha, me ensinou que  ficar em silêncio é ser cúmplice desta violência sem tamanho. E eu sei bem o que é uma dor de mãe..

amanhã continuarei esta retrospectiva …

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

8 comentários para “O ano passado – Parte I”

  1. Anny

    Parabéns, Denise!
    Muitas coisas foram feitas.

    Um feliz Ano Novo para você.
    Beijos.
    Anny

    Grata, linda!
    Um ano feliz para ti também!
    beijo,menina

  2. Cláudio Costa

    Denise, que bela retrospectiva! Quanto engajamento! Seu blog já merece o título de Utilidade Pública, hehehe Além disso, tem a sua marca personalíssima, sua sinceridade e transparência. Feliz 2009!

    Grata, doutor!
    Um ano produtivo e alegre para ti também!
    abraço, garoto

  3. valter ferraz

    DE,
    bomdemais poder fazer uma retrô posistiva assim. Acho que vou aprender com voce. Ver as coisas de modo mais positivo. Pessimismo tá com nada.
    A foto da Clarisse correndo na praia vale por todo o resto.
    Vai um bifinho aí?
    Hey, mongaguá continua te esperando, abre uma brecha na agenda, vai.
    Beijo, menina

  4. Yvonne

    Denise, seu ano foi rico demais com tantos projetos. No entanto, para mim o mais lindo que existe em você é essa capacidade de perdoar o imperdoável. Você é um exemplo para mim minha querida.
    Beijocas

  5. aninha pontes

    Eita quanta coisa boa e produtiva.
    Também acho que uma retrospectiva em minha vida, não me envergonharia.
    Continuo firme em meus propósitos. Acho que estou no caminho certo.
    Bem, reforçando o que o bem disse, continuamos te esperando por aqui.
    Beijo nas três.

  6. leticia coelho

    De,
    foi um ano recheado de ações e trabalho, meus parabéns :)Realmente tu é um exemplo de força menina!
    Beijos

  7. Lino

    Denise:
    Os exemplos frutificam. E acho que, em se tratando da melhoria e da preservação do planeta, sempre vale a pena participar, defender e dar bons exemplos.

  8. Denise Rangel

    valter ferraz
    Bota bom nisso, hehe. Clarisse correndo na minha vida vale por todo o ano. Bifinho de soja? Vou ver sobre a agenda, está apertada, mas, quem sabe,né.
    abraço, garoto

    Yvonne
    Essa capacidade de perdoar o imperdoávelé algo que ainda não entendo de onde vem. Certamente, alguém esta olhando por mim.
    Beijo, menina

    Aninha
    Com certeza, sua retrospectiva seria linda. Já disse ao Valter que vou fazer o possível para esticar até aí, tá.
    Beijo,menina

    Leticia
    Preciso estar ocupada o dia inteiro, ou eu piro de vez. Nada demais, apenas preciso sobreviver.
    Beijo,menina

    Lino
    Vale muito a pena, podes crer.
    abraço, garoto

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: