Não tenho 300 amigos

Life On The Wire

As redes sociais têm sua importância, se utilizadas como ferramenta para auxiliar os negócios, alavancar a carreira, divulgar projetos, organizar campanhas, etecetera. Acredito  que sejam um eficiente meio de se conseguir novos amigos e reaproximar os distantes. Até  concordo que há funções bacanas em redes sociais que, se bem usadas, podem tornar a vida profissional e social mais simples e até divertida.

No entanto, creio que chegou o momento de  abandonar uma importante rede social que vem me dando nos nervos: o Facebook. Quando lá fiz meu cadastro, tinha o propósito inicial de compartilhar os textos de meus blogs e ser encontrada para possíveis contatos de trabalho. Com o tempo, encontrei pessoas amigas, reencontrei antigas amizades, conheci algumas novas, e, enfim, passei a utilizar a rede como uma usuária comum, compartilhando ideias e sentimentos.

Não tenho 300 amigos

Obviamente, o feed de notícias mostra atualizações de pessoas que adicionamos ou aceitamos como “amigas”, seja por delicadeza ou por vontade própria. Ver-se obrigado a filtrar o que não queremos ler e ver em nossa timeline é algo que me incomoda e muito. Manter pessoas como “amigas” quando se não está interessado no que têm a dizer é tão esquisito. Excluir pessoas depois de as aceitar em nosso perfil soa-me como indelicadeza e me deixa muito mal.

Porém, eu não tenho estes quase 300 amigos. Não mesmo! Tenho, talvez, cerca de dez, vinte? Tenho poucos amigos. De verdade. Que me conhecem e me respeitam. Que me falam a verdade, mas não me agridem. Amigos que me visitam e me telefonam, com quem me encontro constantemente. A maioria deles não está no Facebook, não me marcam em suas fotos ou escrevem em meu feed de notícias.

Ultimamente, a maneira como algumas pessoas defendem  seus pontos de vista no Facebook, grosseira e desrespeitosamente, levou-me a tomar a decisão de deletar meu perfil pessoal nesta rede social. Muitas delas eu sequer conheço. São amigos de amigos de amigos, que despejam suas impressões em posts alheios, impregnadas de preconceitos, ignorância e falta de educação. Não costumo responder a comentários indelicados e agressivos. Prefiro o silêncio e retiro-me da discussão.

A gente ainda vai se encontrar

Considero que as redes sociais sejam importantes para manter o contato com pessoas que são realmente importantes para mim, e com as quais não tenho muita oportunidade de encontrar. Mesmo assim, não quero mais ter perfil pessoal no Facebook. Apenas para divulgar meu trabalho on line e fora da web, ainda mantenho as páginas dos blogs Sturm und drang e Roda de leitura e para realizar o trabalho com as mídias sociais da Educopédia.

Os meus amigos online ou off-line ainda podem me encontrar nos blogs e no Twitter. E os que gostam de me ver e de falar comigo ao vivo e a cores, mandam-me torpedos, emails, telefonam-me, e nos encontramos, estejam longe ou perto. Porque, amigo, a gente sempre quer e vai se encontrar.

Deletar o perfil no Facebook não é o fim do mundo. Talvez o começo…

***

Atualização:

Por imposição do projeto em que estou trabalhando atualmente, precisei reativar o perfil, exclusivamente para este uso. Perdõem-me se não estou adicionando amigos.

Imagem:  Karunakar Rayker via Compfight

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

4 comentários para “Não tenho 300 amigos”

  1. Lucia Freitas

    Eu te admiro. Muito. Largar do Facebook é lindo e maravilhoso… acho que já já eu vou te seguir, amiga. 😀
    beijo

  2. Liberte-se da rede zuckerberguiana | Sturm und Drang!

    […] Facebook, que odeio com todas as forças de minha alma, pelos motivos que exponho no post  “Não tenho 300 amigos”.  Dias depois, recebi, da gerência do projeto em que estou trabalhando, um email exigindo que […]

  3. Mudanças e aprendizados em 2012 | Sturm und Drang!

    […] ano excluí meu perfil do Facebook, entediada com a maneira como algumas pessoas defendem  seus pontos de vista  grosseira e […]

  4. Ferramentas para o meu dia ser mais feliz | Sturm und Drang!

    […] administrar as contas de redes sociais pessoal e corporativa, utilizo o TweetDeck, exceto para o maldito Facebook, que exige minha presença ao vivo. Excluí meu perfil pessoal há alguns meses e fui literalmente […]

Leave a Reply

WordPress spam blocked by CleanTalk.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...