9 comentários para “Gostava tanto de você”

  1. drang48

    Oi Denise, muito obrigada pela visita lá no meu cantinho. Já vi que você é uma carioca apaixonada pelo Rio. Logo, se puder faça uma visita lá hoje que você poderá ler uma escancarada declaração de amor. Não sabia da história dessa música. Seu blog é dez e vou voltar sempre que possível. Beijocas carinhosas
    Yvonne | Homepage | 12.10.06 – 5:53 am | #

    ——————————————————————————–

    Denise, esta música é linda! uma das minhas preferidas do Tim Maia, daquelas da gente cantar junto. A letra diz tudo o que a gente gostaria de dizer para alguém que já não está mais ao nosso lado.Cantar faz bem, alivia alma.
    Um beijo grande para você
    valter ferraz | Homepage | 12.10.06 – 6:14 am | #

    ——————————————————————————–

    Tinha ouvido falar nisto e prestando bem atencão na letra diz tudo.
    Aqui na Suécia o tipo de criacão aos filhos já os faz independentes desde pequenos. Até nas ecolas eles apredem como costurar, cuidar de uma casa ,de bebes e um pouco de carpintaria para se virarem no futuro.
    Não sei que tipo de sogra serei porenquanto é fácil, pois os meninos todos moram com namoradas o pior será na hora da minha filha.
    Sogra é parente???????um sei não…
    Beijos
    Elizabeth | Homepage | 12.10.06 – 8:32 am | #

    ——————————————————————————–

    Eu tinha um namorado (que virou gay!!!) que sempre cantava esta música para mim no violão. Eu achava que era sobre um amor perdido, não sabia que era sobre a morte da filha do autor…
    Um beijo, querida, bom domingo pra vc.
    Alline Storni | Homepage | 12.10.06 – 10:36 am | #

    ——————————————————————————–

    Oi,YvonneVou lá ver o post do Rio.Obrigada pelo carinho e pode voltar sempre que quiser.
    Beijo, menina
    ————————————
    Valter É, cantar faz bem, só não sei se alivia alma.Fico mais emocionada do que devia estar.
    abraço, garoto
    ————————————-
    Beth, É, a gente devia cortar mais o cordão né mesmo? Ah, ah, se sogra é parente, aí eu já não sei. É a lei que diz. Ha ha ha ha.
    Beijo, menina
    ————————————
    Alline Eu também não sabia. Também pensava que era sobre uma amor e tal.
    beijo, menina
    denise | Homepage | 12.10.06 – 4:26 pm | #

    ——————————————————————————–

    Adoro esta musica.
    Linda… e nao sabia da historia detras da poesia.
    Bjos,
    me
    elena | Homepage | 12.10.06 – 7:57 pm | #

    ——————————————————————————–

    Eu também não sabia sobre a música, o que sei é gosto dela.
    As músicas tem o poder de dizer coisas por nós.
    Mas Denise, cantar alivia a alma sim.
    Voce ainda vai sentir isto, é que neste momento, seu coração ainda sofre com tantas atribulações.
    Mas vai ficar bem, papai do céu, está te acariciando prá isso.
    Um beijo querida, tenha uma boa semana.
    aninha-pontes | Homepage | 12.11.06 – 4:10 am | #

    ——————————————————————————–

    ElenaA música é mesmo linda.E eu também não sabia da historia detras da poesia.Foi uma surpresa pra mim.
    Beijo,menina
    ————————————-
    Ana, Com certeza, as músicas me dizem muitas coisas. Obrigada, mais uma vez pelo carinho.Uma boa semana pra ti também.
    beijo, menina
    denise | 12.11.06 – 6:45 pm | #

  2. Fábio Barreto

    Boa tarde!

    Encontrei este “blog” por acaso e resolvi deixar minha pequena “contribuição” (com sua permissão, é claro).

    Na “grande rede” circulam uma infinidade de informações sobre a origem da música “Gostava tanto de você”. Algumas pessoas, inclusive, creditam a letra da música a Tim Maia, e propagam que ele a teria escrito para uma suposta filha falecida.

    Mas, na realidade, a letra e a música são de autoria de Édson Trindade (cantor e compositor), e foi escrita em 1973.

    E a história de que a letra da música homenageia a filha falecida do autor, provavelmente, não passa de mais uma das muitas lendas que circulam na internet, e o único que poderia esclarecer tal crendice seria o próprio autor (falecido em 1998), pois não existe nada de concreto que confirme essa história.

    Bem, de qualquer modo, a verdade é que muitas pessoas sentem-se tão comovidas com esta sublime “homenagem” que negam qualquer possibilidade de que esta história não seja verdadeira.

    Grande abraço.

    Oi, Fabio, prazer em recebê-lo em meu cantinho. Conheço todas estas histórias que circulam pela net, inclusive sobre sua autoria, porém meu objetivo foi identificar-me com essa “lenda”, pois, no momento em que trasnscrevi a letra e mencionei o fato de que ela seria uma homenagem do autor, na verdade, eu estava homenageando o meu próprio filho que perdi em abril de 2006. Não é um post sobre de quem é a música, nem quem é o autor (nem citei os nomes do Édson e do Tim propositalmente), minha intenção não era abrir esta polêmica, e sim, um post de saudade e dor de mãe. A história da música pode até ser lenda, mas a minha homenagem não o é.
    Seja bem-vindo e volte sempre.
    abraço, garoto

  3. Marlene

    Sempre gostei dessa música (Gostava Tanto de você).
    Quando fiquei sabendo que na verdade a letra era uma homenagem a filha falecida do autor, me comovi. Sempre que ouço me emociono e me seguro pra não chorar, pois depois que tive meu filho (ele está com 2 anos), fiquei bem mais sensível e me coloco no lugar do autor! Da mesma forma quando ouço Tears in heaven – do Eric Clapton, homenagem ao filho também falecido.

    Abraço,
    Marlene.

    Como eu disse ao Fabio, aqui em baixo, eu fiz minha homenagem a meu filho, que já mora no céu.
    Bem-vinda, Marlene.
    beijo,menina

  4. Fábio Barreto

    Olá, Denise, o prazer é todo meu!!!

    Bom, de início, gostaria de deixar minhas condolências pela sua perda, não consigo imaginar o peso de sua dor de mãe.

    Estou aqui para trazer um pouco de luz às minhas palavras (deixadas no seu “cantinho”) mal compreendidas (ou ditas – se for o caso).

    Quando postei a mensagem não tive a intenção – nem de longe – de causar qualquer polêmica ou mesmo abrir um debate sobre a origem da letra da música. Talvez tenha me expressado de uma forma ríspida, o que não foi meu intuito, pelo que peço desculpas. O meu interesse foi apenas tentar esclarecer possíveis dúvidas a respeito do assunto em tela, mostrando o lado fantasioso acerca da história (já que você colocou no final da letra da música o seguinte: “Soube que o autor de “Gostava tanto de você” escreveu esta música para a filha dele que havia falecido…”).

    Assim, mais um vez, peço-lhe desculpas se a constragi e espero que possamos recomeçar do “zero”. Que tal???

    Grande abraço!

    Com certeza, que essa seja uma amizade que perdure, como as que tenho tido por aqui,
    abraço, garoto

  5. Heloisa

    Denise,

    Sou mãe de uma única filha e este assunto de perda de filhos é um assunto que muito me comove e assusta. Acredito que as pessoas que passam por esta situação são pessoas com uma força maior, divina, para ajudar a superar uma dor que não consigo mensurar…

    Encontrei seu blog justamente procurando explicação sobre a origem desta letra e música, atribuídas ao Tim Maia e/ou ao Edson Trindade…
    A mim não importa mesmo o verdadeiro autor pois em nada altera o fato de ser uma música linda e uma letra comovente.

    Não perdi filhos, graças a Deus, mas perdi a pessoa mais importante na minha vida até aquele dia de 1970, em que não pude dar adeus ao Meu PAI e a saudade que sinto, passados quase 37 anos ainda é muito grande e é para ele que vão meus pensamentos sempre que ouço esta música e não existe lugar em que meu pensamento não vá até ele, ainda hoje…

    Parabéns pela bela homenagem ao seu filho

    Um grande abraço
    Helô

    Obrigada, Helô. Deve ser assim mesmo, Deus escolhe quem pode suportar. Atribuo a ele minha força pra não afundar. Obrigada pela visita e volte sempre!
    beijo, menina

  6. MAYRA

    MEU FILHO FALECEU COM PARADA RESPIROTORIA,O PULMAO ESTAVA INFESTADO DE MECONIO,A TRISTEZA QUE SINTO É MUITO FORTE,JA FAZEM MAIS DE SEIS MESES MAIS NAO CONSIGO ESQUECER ALEM DISSO MEU EX ME ABANDOU TODOS VIRARAO AS COSTAS PRA MIM ME SINTO TAO TRISTE SOSINHA

    Mayra, sua dor é compreensível. Chore tudo que quiser. Não precisa esquecer seu filho. Ele estará sempre no seu coração. As pessoas que te abandonaram são as que não gostavam de você. É nas horas mais difíceis que se revelam os amigos de verdade. De uma coisa pode estar certa: Deus a ama e cuida de você. A paz,o conforto, a força de que você precisa, peça a Ele! Ele consola e restaura nossa alma cansada e abatida. A fé é o alimento que tem me mantido viva. Procure algum projeto de que goste e envolva-se nele (trabalho ou lazer), mantenha-se ocupada e não permita que sentimentos ruins a derrubem. Estarei orando por você. Deus a abençoe.
    beijo, menina

  7. silvia

    Querida lí seu comentário sobre a música cantada por Tim Maia,Leila Pinheiro,e é muito linda!
    Alguns dizem que é um plágio de Eric Clapton,que o filho morreu em 1991,tendo ele feito uma música,Tears in Heaven,Tim Maia tbm teve uma filha que faleceu e os versos são iguais(partes)
    só que quem escreveu esta música foi Edson Trindade,que nada tem a ver com isso! Será uma lenda?que circula pela internet?Bjs

    Bem, não me incomoda esta controvérsia pela autoria da música, mas o seu conteúdo é que me interessa.
    beijo, menina

  8. luci

    Tambem” perdi “auma filha em 2008 e vez que outra coloco no blog uma letra de música em homenagem a ela .È como se as notas músicais pudessem ir tão longe que alcanssacem nosso querido ente em sua nova morada.
    As aspas na verdade são para frisar que não acredito nesta perda.A maternidade nos conecta com a eternidade e nossos queridos estarão pra sempre por perto.È só se desligar um pouquinho do mundo para senti-los.Deixam sinais de seu amor a todo instante.
    Um beijão e uma boa semana!!!

  9. darcy stefanoni

    Encontrei a letra dessa musica no pc d minha neta, que acabou de voltar para a espiritualidade,voltou ela e o meu marido seu avô
    num acidente de carro, na missa de 7º dia da minha netinha, todos cantavam ela pq era sua musica predileta,
    chorei muito , mas ouço ela todos os dias, é muito linda, parece que estou falando com ela,imagino a dor que ele sentiu ao fazer essa musica para a filha que tbm partiu..
    mas vlw beijos

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: