10 comentários para “♥ Execução e perdão (atualizado)”

  1. denise

    Dê, se você imaginasse como a amizade e o apoio de todos @migos que conquistei aqui tem me ajudado… Escrever tem sido uma terapia pra mim e enfrentar a realidade com força e graça divina é o que tem me sustentado.
    Obrigada pela visita, querida!
    beijo, menina!
    ,

  2. denise

    Aninha, tenho recebido muita oração e Deus , em quem acredito, me diz pra perdoar, assim como Ele nos perdoa. Sinto-me em paz.
    beijo grande, menina!

  3. Denise Arcoverde

    Xará, eu já tinha visitado sua casinha várias vezes, apenas tinha saído calada porque nunca consegui nem achar o que dizer. Eu consigo imaginar, na teoria, o que você está passando, mas acho que ninguém pode, realmente, sentir nada parecido sem estar na mesma situação. Acho admirável sua capacidade de perdoar, acho que eu não conseguiria, de jeito nenhum.

    Também fico feliz em vê-la de volta e espero que nós possamos lhe ajudar, de alguma forma a superar um pouco tudo isso.

    Um beijo enorme, e que 2007 seja bem melhor que 2006!

  4. denise

    Elena, quem sabe um dia sejamos um país civilizado… Que seu ano também seja abençoado.
    beijo,menina

  5. aninha-pontes

    Denise, penso exatamente como você. A partir do momento que concordamos com a morte para vingar outra morte, estamos nos colocando no mesmo nível de quem matou.
    Apenas não estou usando as minhas mãos, mas estou de acordo com as mãos que ceifa vidas.
    Perdoar, isto é muito complicado. Admiro sua capacidade de fazê-lo.
    Eu garanto com todas as letras que não sou capaz disso.
    Principalmente com o tamanho da dor que voce está passando, creio realmente que não seria capaz.
    Mas você sabe, que amamos você, e queremos que sejas feliz. Peço a Deus, que lhe dê um ano melhor, que a paz possa aos poucos ir tomando conta de seus dias e de sua vida.
    Um beijo grande prá você e prá essa linda princesa.

  6. Maria Elena

    Denise querida,
    Que o ano novo seja o seu ano, o ano da paz, da justiça.
    Com referencia a’violencia que estamos vendo no RJ, acredito e tenho plena certeza que poderia melhorar se toda sociedade se juntasse e lutassem para a causa. Nao é possivel que um “policial bandido”continue matando e exterminando” bandidos”… e fique por isso mesmo. Cadê as leis, cade o julgamento. Por que nao abrir processos, mesmo que a suposta morte foi feita em nome da lei.
    Policia, pelo menos aqui, nao sai atiriando a torto e a direito nao. Se um policial matou um civil aqui…tem investigacoes serissimas, julgamentos e tudo que se tem direito. A sociedade(nao uma pessoa só), todos tem que se manifestar.
    É incrivelmente terrivel tudo que acontece no meu país.
    bjos e esteja com Deus.

  7. Regina

    Denise,

    O seu post esta’ excelente e comovente. Acabei de escrever uma resposta la no meu blog ao comentario que voce deixou quando escrevi sobre Saddam. Eu escrevi, e repito aqui, que para mim ouvir alguem como voce falar sobre o perdao e tolerancia tem um significado muito especial porque voce ja passou por isso na carne. Admiro a sua coragem e nobreza de espirito. Eu acho que e’ muito mais admiravel (e dificil) de perdoar e tolerar os inimigos que os amigos. Mas eu acredito que a vinganca e o odio so serve para envenar a alma, alem de nao fazer bem para a saude. Recentemente eu li um artigo sobre o poder do perdao e o mal que faz para a saude guardar rancor.

    Espero que a sua passagem de ano tenha sido tranquila. Desejo a voce um 2007 repleto de amor, saude, paz e surpresas boas.

    Bjs.

    Regina

  8. Márcia(clarinha)

    Não aceito a pena de morte e no caso dele deveria ficar na cadeia para sempre, aí sim, seria castigado…
    Junto com ele deveriam ir muitos outros que fazem da guerra seu brinquedo preferido…
    Feliz 2007 minha flor, com paz, amor, saúde e harmonia.
    lindos dias,
    beijossssssssss

  9. Yvonne

    Oi querida, também não gosto da idéia de que matar alguém seja a melhor. O cara merece padecer no inferno por todas as maldades que ele fez, mas daí a morrer para atender aos interesses de americanos e ingleses é completamente diferente. Beijoc.as

  10. Ana Cláudia Bessa

    Denise,

    acho que ninguém pode mensurar sua dor.
    Fiquei emocionada lendo seu relato.
    Não tenho palavras para expressar minha admiração por você.

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: