Sai, da frente, poia!

Para amenizar um pouco a tensão, afinal, rir é o melhor remédio (dizem), um momento tipo “criança diz cada uma”:

Minha Princesinha me surpreende pela maneira como aprende as coisas. Eu sequer imaginava que ela capta tudo que dizemos e, dias depois, nos indaga a respeito. “Nossa, como ela se lembra disso?”, penso. Parece um gravador ambulante. A última dela quase me matou de tanto rir:

Sou meio apressadinha no trânsito: “drang” por natureza. Ainda mais que estou sempre com os horário apertados. E, no intervalo de almoço, vou levá-la à escolinha e , à tardinha, vou buscá-la, antes de ir para o colégio da noite. E, é uma guerra enfrentar o trânsito nestes dois horários! E eu, nos momentos de impaciência diante da lerdeza de certos motoristas, tenho ímpetos (drang, de novo) de dizer: “ô, poia!

Em uma dessas ocasiões, Clarisse, minha Princesinha, ao ouvir-me dizer isso (dizer, não; gritar), quis soltar-se do cinto de segurança para ver o ‘poia’: “Quero ver poia, vovó!” “o que é poia?” Respondi que eram os ‘caras’ que ficavam na frente, me atrapalhando a passagem. Ela pareceu satisfeita e não tocou mais no assunto.

Dias depois, em uma situação semelhante, vendo-me irritada no trânsito, ela perguntou: “é o poia, vovó?”. A mãe, quis saber dela o que era um ‘poia’. Imaginei que ela diria ser alguém, uma pessoa, um bicho, sei lá. Mas, sem titubear, respondeu:
– É quem fica na frente! – e gritou – Sai da frente, poia!

Nem precisa dizer que meu ‘estresse’ foi para o espaço, não acham? Rimos muito. Vocês acham que, nesta altura do campeonato, íamos explicar para ela o que era um ‘poia’, realmente?

foto: Clarisse, a Princesinha

[tags]Princesinha, criança[/tags]

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

4 comentários para “Sai, da frente, poia!”

  1. Elizabeth

    Oi Denise,
    A princesinha esta enorme e claro continua linda.
    Pois é agora tambem sou avó de uma meninina linda chamada Isabell. Ela nasceu no dia 10 de maio e mudou tudo por aqui, é o centro das atencões. Pena que more distante e de não podermos ve-la sempre que a vontande dê. Na verdade só a vi uma vez por algumas horas e fiquei apaixonada , me sentindo completa.
    Coloquei umas fotos no Orkut, apesar de não ser muito amante de lá, mas é o melhor meio de manter contacto com a minha familia, ainda mais agora que meu blog anda meio abandonado.
    Beijos mil em todos

  2. lunna

    E eu aqui tive um acesso de riso ao imaginar o espanto diante da resposta quanto ao que é um poia?
    Confesso que minha limitação com a língua portuguesa não me permite compreender o sentido da palavra. Pensei em muitas coisas, até numa palavra feia. Já ouvi a palavra poia em algum lugar, mas assim como no italiano, a língua portuguesa tem tantas possibilidades e não descobri todas ainda.
    Beijos com risos de orelhas.

    Ps. Adorei a sacola musical que vi ontem.

  3. aninha pontes

    Eita delícia.
    Parece que a vi falando, e a reação que essas coisas nos causam.
    É muito bom, saber que podemos viver e ver, e curtir tanta alegria que eles nos dão.
    Beijos querida, prá você e prá essa “poinha” aí.

  4. A Princesinha diz cada uma! | Sturm und drang!

    […] consideramos acima da compreensão dela, e nestas ocasiões não usamos códigos. Ledo engano. Ela nos surpreende com cada observação que nos deixa impressionadas com a capacidade de abstrair os fatos e chegar a uma […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: