5 comentários para “Primavera sem tralhas dentro de casa”

  1. Renata Pinheiro

    Eu também estou nesse processo. Vou aproveitar a mudança em breve pra separar muita coisa pra reciclagem e doação, e assim entrar no cantinho novo sem tralha!

  2. Lucia Freitas

    Então, Dê, reveja a história da garantia estendida, por favor. Em trabalho intenso para uma grande produtora de eletrodomésticos (não, não posso contar quem) soube que apenas 3% dos equipamentos dão problema – e quando dão em geral é logo na garantia da fábrica mesmo.
    Para saber mais: a garantia estendida é um seguro que cobre o conserto, sim – mão de obra, peças e quetais. Para mim, é mais prático e rápido buscar a assistência técnica mais próxima, de confiança e consertar, não?
    bj

    1. denise rangel

      Você tem razão, Lu.
      O número de sinistros é bem menor que o valor arrecadado nos planos de garantia. Porém, quando o objeto é de grande valor, ter 2 ou 3 anos de garantia é uma opção que muitos consumidores preferem ter. Para objetos de menor valor, prefiro a garantia normal, e, depois que ela expira, uso assistência técnica.
      Obrigada pelo toque.
      beijo, menina

  3. Garantia estendida é sustentável? | Sturm und Drang!

    […] post Primavera sem tralhas dentro de casa, afirmei que, quando fosse necessário comprar bens de consumo, deveríamos adquirir produtos com […]

  4. Tralhas ou matéria-prima? | Sturm und Drang!

    […] fiz o post “Primavera sem tralhas dentro de casa“, listei algumas formas de reduzir o acúmulo de coisas dentro de casa. E  uma delas […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: