Paz em família

Bem, depois de responder aos comentários dos @migos a respeito de rever minha posição em relação a meu genro, fiquei meditando seriamente sobre o assunto. Lembrei-me também de que o Valter já havia me dito que a criança é quem sai perdendo nestes casos.

Então, pedi a Deus uma orientação, e Ele me fez perceber que quando somos ofendidos, devemos sofrer a injustiça e o dano, pois ao cristão não convém contender, mas sim, ser manso para com todos. Entendi que não podia ficar esperando que quem me ofendeu (no caso, ele) venha nos pedir perdão.

E, em se tratando de meu genro, já sabia que jamais reconheceria que errou. Senti, então, a necessidade de me reconciliar com ele, pois, este é meu dever como cristã, ainda que fosse preciso me humilhar a quem me ofendeu e pedir-lhe perdão.

Pois bem, já era tarde, mas, impulsiva como sou (drang!), liguei para ele. Já estava dormindo, naturalmente. Hoje, liguei para o trabalho dele e pedi desculpas. Ele, imediatamente respondeu que não estava com raiva e pediu desculpas também. Falei-lhe que podia entrar em minha casa e não ficar na porta. E assim foi. Agora , vamos esperar o cara a cara. Esperem o próximo capítulo…

imagem

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

16 comentários para “Paz em família”

  1. Mamy

    Você é rara!!!!

  2. valter ferraz

    Denise, ainda bem que deu tudo certo. E se te ajudei em alguma coisa, fico feliz. Aprendí essas lições na marra. Durante minha vida perdí muito tempo erguendo “paredes” entre eu e as pessoas que me cercam. Um dia resolví escutar a Aninha, ela sim sabe das coisas. Hoje me dedico pacientemente a ir destruindo uma a uma essas paredes. Faltam muitas, continuo tentando.
    Parabéns, pela atitude. Ele vai aprender a reconhecer o erro . Tudo vem a seu tempo.
    E a princesa só ganha com isso.
    Um beijo grande

  3. nanda

    Denise, estou muito orgulhosa e feliz pela sua atitude. Muitas vezes temos que ceder para evitar danos maiores, né?
    Ainda mais quando envolvem uma princesinha linda que precisa tanto da vó!!!

    Beijinhos

  4. denise

    Obrigada, amigos, se nesta vida não aprendermos alguma coisa de bom, então não valeu a pena, como dizem os versos:
    “Quem passou pela vida em branca nuvem
    Num plácido repouso, adormeceu;
    Quem não sentiu o frio da desgraça,
    Quem passou pela vida e não sofreu:
    Foi espectro de homem, não foi homem,
    Só passou pela vida e não viveu.
    É, a vida tem sido uma escola pra mim, e eu sei que, quem não presta atenção às aulas, não é aprovado.
    beijos, queridos

  5. Mário

    Linda atitude, a demonstrar o quanto você é uma pessoa especial. Parabéns!

  6. D. Afonso XX o Chato

    Gracias pela preocupação. FElizmente ainda estou por aqui para pentelhar toda a blogosfera, hehehehe. Mais ainda para ler esse teu post. Infelizmente, não acredito muito nisso, em todos os casos, vi que parece funcionar. TEm a ver com a questão de valores, que venho desenvolvendo. beijão

  7. aninha-pontes

    Difícil e sábia atitude.
    No final ela é compensadora, nos enriquece.
    As nossas crianças são tudo que mais queremos no mundo, a alegria, o sorriso deles é a nossa razão.
    Queremos mostrar a eles que o amor é tudo, que a harmonia é o que conta, logo, muitas vezes quando nos sentimos impelidos a tomar uma atitude assim, tomamos, revemos nossos conceitos, engulimos sapos, temos tolerância. Tudo em nome desse amor que pregamos aos nossos pequenos.
    Ninguém dá o que não tem. Não podemos ensinar aquilo que não aprendemos.
    Fico feliz por você, por eles e pela princesinha.
    Imagino o bem que deve ter feito à sua filha.
    Ela estava no meio do fogo cruzado.
    Beijos a todos vocês.
    Te adoro por ser assim como é.

  8. Yvonne

    Denise, isso é o que eu esperava de você que continua sendo uma “ídala” paramim. Você leu o meu post dos livros prediletos? Beijocas

  9. Márcia(clarinha)

    Não se podia esperar outra atitude de você minha flor.
    Agora sim, tudo será feito olho no olho, e sem mágoas ganham todos inclusive e principalmente sua princesa, que maravilha!
    Lindo seja seu dia,querida
    beijos

  10. denise

    Bem, hoje, ao vir buscar minha filha e neta, ele entrou, falou comigo, ainda com uma certa cerimônia. Jantamos, e está tudo bem, graças a Deus.
    beijos

  11. Vivi Amorim

    Denise,
    “é perdoando que se é perdoado”. Parabéns por sua atitude. Um beijo, Vivi Amorim

  12. giovanni

    oii vim conhecer seu blog!! gostei muitoooo e voltarei sempre

  13. Lord Broken Pottery

    Denise,
    Foi melhor assim. Bom pra você, pra princesinha, pra todos. Dar o primeiro passo em diração à conciliação é coisa que só os que tem maturidade suficiente são capazes de dar. O resto é melhor que o tempo apague. Parabéns!
    Beijo

  14. Adelino

    Denise, qualquer dia vão dizer que sorvete não engorda, refrigerante faz bem para a vista, Coca-Cola cura dor de cotovelo, e vai por aí. Mas essa da pizza foi boa…
    Afinal, somos mesmo o país das pizzas planaltinas…
    Abraços
    Adelino

  15. Vivien

    Sobre a exploração da dor dos parentes das vítimas…concordo com vc, é uma exploração desumanda, imoral, com direito aos closes e microfones enfiados nas bocas de quem esta morrendo de dor pela perda.
    grande beijo.
    o cúmulo do absurdo, né mesmo?
    beijo,menina

  16. Maria Augusta

    Denise, que bom que tua família está em paz e que você está curtindo lindos momentos com tua netinha querida. Quanto ao acidente da TAM, também achei horrível o fato da UOL pedir aos internautas para enviar fotos, fazendo um verdadeiro oba-oba com a tragédia, sem respeito pelas famílias. Mas no mundo inteiro é assim, aqui na França também quando há uma tragédia a imprensa “cai em cima” como abutres. Um grande abraço.
    Pois é, Augusta, mas eu não aceito isso. porém, o pior são as pessoas darem entrevistas! Eu não entendo como conseguem falar para estes falsos solidários.
    beijo,menina

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: