Para onde vai o meu dinheiro?

Feriado.  Acordei, religiosamente, às 6 horas, sem despertador. Síndrome de trabalhador compulsivo?

Leio, em uma entrevista, político dizer que sempre achou que era uma coisa mais do que natural usar cota de passagens aéreas com esposa. Fico imaginando se pudesse levar meu marido aos congressos a que fui, com as passagens pagas pela prefeitura…  Nada natural, não é?

Até para respirar, acredito que tenha de pagar uma cota. Deve haver algum “imposto” embutido em algum lugar, e  a gente paga sem notar. Já imaginou,  você ter de respirar menos para economizar? Seria hilário, se não fosse tão sério.

Para mudar titular da conta telefônica, tenho de pagar cerca de 40 reais à Oi.  Se  optar por reinstalar meu número antigo, o ônus é de 32 reais; ser respeitado: não tem preço.

Estou aposentável há dois anos. Isto significa que contribuí por mais de 32 anos à Previdência. Aliás, continuo contribuindo, pois o desconto continua em meu contra-cheque (dane-se o hífen, lá rá rá), indevidamente, diga-se de passagem, nestes dois anos.  Solicitei suspensão do desconto e nada. Continuo trabalhando, a aposentadoria não sai, e ainda sou descontada. Pode?

Vou fazer meu Imposto de Renda daqui a pouco, indignada,  ao pensar  em sobre como o meu dinheiro é usado no Brasil, em atividades que “não” estão listadas aqui:  Para onde vai o Imposto que você paga. Tudo bem que seja direito “dar à Cesar o que é de Cesar”, mas não vamos exagerar, não é? Preciso me concentrar para não errar nada e cair na malha fina outra vez. Bléh!

Hoje é feriado de Tiradentes, que  participou do  movimento de Inconfidência mineira, juntamente com influentes integrantes das elites,  dos quais alguns poucos denunciados foram condenados à prisão e ao degredo na África. O único a assumir as responsabilidades pela trama foi Tiradentes.  Alguém tem de servir para mártir.  Será que vou para a forca? Enforcada por dívidas já estou.

Imagem: daqui

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

4 comentários para “Para onde vai o meu dinheiro?”

  1. Alline

    Denise, querida, nem me fale dessas cotas pra passagens aéreas…eu tava lendo os jornais pela internet e ficando de boca aberta com a cara de pau dos cidadãos que nos representam! Vi que um deles foi QUARENTA vezes a Europa, levando a família, e, 1 ano e pouco, e achou que era tudo normal. Mas como não, usar o dinheiro do contribuinte pra passear na Europa é super normal!!!
    Raiva demais.
    Beijos, bom feriado mesmo assim!

  2. Luma

    Sei lá, viu? Esfregam todo o tempo na nossa cara os nossos deveres, mas não cumprem com os nossos direitos. 🙁

    Mas não é somente no Brasil, todos os mártires de todas as nações eram de certa forma, pertencentes a camada inferiores da sociedade. Mas isso, por conclusão é óbvio; quem está no benefício, não reclama!

    Beijus

  3. aninha pontes

    Tenho certeza que até Tiradentes se arrependeu de morrer pela pátria.
    Se ele soubesse o furdunço que iria virar isso aqui, teria deixado do jeito que estava.
    Beijos querida, não se preocupe, eles vão usar muito bem, seu mísero dinheirinho

  4. Você pede a nota? | Sturm und drang!

    […] sempre peço a nota, mesmo sabendo que ele pode ser usado de forma nada convencional. E […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: