5 comentários para “Nem todo “ex” é definitivo”

  1. Rogério

    Perfeita sua análise sobre o prefixo. Ele é mesmo a pedra no sapato, mas a maneira como “interpretou a gramática” só prova mais ainda que estudar a língua pode ser muito emocionante. Adorei.

    1. Denise Rangel

      Obrigada, Rogerio
      Não era minha intenção “interpretar” a Gramática, hehe. Apenas mostrar como nos sentimos diante de perdas.
      Obrigada pela visita.
      abraço, garoto

  2. Tweets that mention Nem todo “ex” é definitivo | Sturm und drang! -- Topsy.com

    […] This post was mentioned on Twitter by joamot30, denise rangel and Bauru, Bauru. Bauru said: Perfeito o post "Nem todo “ex” é definitivo" escrito pela @deniserangel. Vale a visita e um comentário, pessoal. http://goo.gl/UuRL […]

  3. Allan

    A Fulana separou e casou de novo.
    “Quem é aquele?” Pergunta a amiga.
    “É o meu ex.” Responde a outra
    Nesse caso, acaba virando substantivo. 🙂

    1. Denise Rangel

      Com certeza, Allan, e eu diria que um substantivo permanente. Esses nunca desaparecem, são eternos, hehe.
      abraço, garoto

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: