Não perca a atenção

A perca é um peixe de água doce.

As expressões que transcrevi a seguir, são  encontradas frequentemente pela web:  “lamentou a perca do amigo”; “não passam de perca de tempo”; “a perca de um elemento”.

Na verdade, há uma confusão muito comum entre as formas que apresentam estrutura fônica semelhante e significado diferente. Ou que apresentam estrutura fônica semelhante e significado diferente com relação a outra.

No caso de “perda” e”perca” é bom lembrar que ambas são corretas, desde que usadas no contexto adequado:

1 – perda: Substantivo formado por derivação regressiva do verbo perder, que significa “prejuízo”, “privação de alguém ou de alguma coisa que se possuía”: “Sinto tanto a perda de meu filho…” e  “Fofocas não passam de perda de tempo”

2 – perca: Flexão do verbo “perder” na 1ª e 3ª pessoas do singular do presente do subjuntivo e 3ª pessoa do singular do imperativo: “Tomara que ele não perca o compromisso” e “Não perca o dinheiro!”

3- perca: Substantivo feminino, gênero de peixes de água doce, da família dos Percídeos. : “A perca é um peixe de água doce europeu, pequeno e de barbatanas espinhosas “

E então? Basta prestar atenção ao significado de cada uma das formas para não confundi-las. Certo? Então, solte o verbo, mas não perca a atenção!

Imagem: daqui

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: