9 comentários para “Não gosto de plágio! E você?”

  1. Anny

    Denise:
    Plágio? Tõ fora!

    Uma boa semana!

    Anny.

  2. Raquel

    Também tô fora!

  3. Silvia

    Obrigada, menina! 😉 Ótimo post.

  4. valter

    DE,
    o que eu penso de cópias, plágios e afins está lá na sidebar do perplexo. Por sinal, copiei e colei de um outro site. Normal.
    Os paradigmas estão mudando e nossa conduta idem. Por isso disponibilizo o livro prá download grátis. Ninguém é dono de nada. Vale tudo. Salve-se quem puder.
    Beijo, menina

    1. Denise Rangel

      Valter,

      Estamos falando de comercialização de obra alheia. Alguém vender seu livro com nome de outro autor, está correto? Pensa bem, rapaz!

      Abraço, garoto

  5. Lord Broken Pottery

    Denise,
    É claro que não gosto de plágio, nem de nada que fira a lei de direitos autorais. Por convicção e interesse, é claro!
    Beijo grande

    1. Denise Rangel

      Com certeza. É mentir ao leitor e roubar ao autor da obra. Há quem ache normal que se copie obra dos outros comercialmente e se intitule o autor delas.
      Bom vê-lo por aqui!

      Abraço, garoto

  6. Luma

    Perfeita a atitude das editoras idôneas cobrando ética das outras editoras. Sabia das denúncias da Denise, mas não sabia ainda que as editoras estavam cobrando comportamento, enfim, foi esta atitude que sugeri no post do Allan e acrescentei que até segunda ordem, compro meus livros das editoras portuguesas, justo por lançarem seus títulos antes mesmo das editoras nacionais. Fica algo estranho no ar, tipo, que seja copia das editoras portuguesas, daí um bom número de tradutores profissionais desempregados! Beijus,

    1. Denise Rangel

      Exatamente, Luma, mas o consumidor não tem esta experência, e acaba levando gato por lebre. E grandes tradutores são “lesados” nesta reformulação e maquiagem de tradução, para se passar por inédita.

      Beijo, menina

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: