5 comentários para “Mãe-órfã”

  1. drang48

    Oi querida,
    Fico muito feliz que voce voltou. Amiga entendo perfeitamento o seu sofrimento. Nós que somos mães, nós que geramos, que parimos, que amamentamos, que ensinamos os primeiros passos… nós entendemos todo teu sofrimento.
    Esteja ele onde estiver,estará te olhando e feliz de ver que a tua vida continua e que voltaste para nós.
    Seja bem vinda Denise.
    Beijos no teu coracao.
    me
    elena | Homepage | 12.01.06 – 9:10 pm | #

    ——————————————————————————–

    Obrigada, Elena, querida. Senti falta de todos amigos que fiz aqui e, com certeza, você é uma especial.
    beijo, menina
    denise | Homepage | 12.01.06 – 10:02 pm | #

    ——————————————————————————–

    OI DENISE,
    PARA MIM A MELHOR NOTICIA DESTA SEMANA FOI A SUA VOLTA.
    BEIJOS QUERIDA
    Elizabeth | Homepage | 12.02.06 – 9:45 am | #

    ——————————————————————————–

    Denise, querida hoje você me deu um belo presente. Distraidamente abrí o blog e vejo teu comentário. Que coisa boa! AAninha foi no supermercado, quando chegar vou mostrar a ela. Puxa vida! Seja muito bem-vinda mesmo. Você sabe que todos te queremos bem. Não posso imaginar na plenitude o que é o sofrimento de uma mulher que sofre a perda de um filho. Mas sou pai, sou avô. Posso imaginar o sofrimento de um homem. E creia, sofrí junto com você. Muitas vezes vim até aqui e ficava lendo todos os teus posts. Tinha muita vontade de falar com você, mas sabia também que tinha que respeitar o teu silêncio. Sei que vc deve ter vindo muitas vezes até aqui e não pôde falar nada, pois não havia chegado a hora.
    Pois bem, há a hora de chorar e a hora de compartilhar a dor. Às vêzes, duas ou três palavras têm o dom de modificar uma situação.
    Hoje minha oração noturna será de agradecimento.
    Prazer enorme de fazer parte de seus amigos virtuais. Deus te acolha, te proteja muito. E creia, Êle não nos dá uma dor maior que a que podemos suportar.
    Fique em Paz e um grande abraço, viu?
    valter ferraz | Homepage | 12.02.06 – 12:54 pm | #

    ——————————————————————————–

    Nossa, Valter , muito obrigada mesmo por essas palavras tão especiais e pode ter certeza que Deus tem preparado as pessoas certas pra estar comigo, mesmo em silêncio, e vocês são parte deste negócio divino.
    abraço, garoto
    denise | Homepage | 12.02.06 – 1:22 pm | #

  2. Katia Cristina Moreira

    Oi minha querida ando muito deprimida procurando ajuda até para o padre Marcelo Rossi já recorri, sem resposta foi quando te achei, tenho uma amiga que perdeu seu unico filho Gabriel, 12 anos cheio de vida uma criança maravilhosa saudavel, em uma semana apareceu um tumor cerebral e levou Gabriel dia 27/03/10 vai fazer um ano sem ele sou mãe de um dos amigos deles e amiga de sua mãe Ivonete,ela estar incomformada desistiu de viver, uma mulher amavel, companheira, eu havia dito a ela que ela tinha que conhecer pessoas com a mesma dor, só vcs sabem realmente a dor que é perde um filho tão amado, pra nos mães não importa com o filho se vai, o que importa e ele se foi, sei que muito dificil para vc conviver com a realidade pois vejo o sofrimento de minha amiga, que como vc também já passou a experiencia com seu irmão,mas o pior de tudo foi peder o Gabriel, te peço se vc poder entrar em contato com ela vcs iam, reunir a força que tem ela amar te conhecer, ela tá precisando de ajuda!!!! Denise vc e uma pessoa iluminada a ida dele não foi em vão Deus tem um plano maravilho. Acredite.vou deixar o blog dela para vc ver algumas foto dele. beijos Katia Cristina Belém PA ( o blog do biel com fotos, videos e depoimentos é )http://espacoangelical.blogspot.com/, acessem vcs vão se emocionar, espero falar com vc

  3. nilda

    nossa esta dor de perde um filho nao tem palavras meu gui tambem se foi quando aida tinha 9 meses de idade

  4. nilda

    no dia 03/09/2009 pensei q tudo pra mim teria acabado foi quando meu filho gui foi mora com papai do ceu quando ainda tinha 9 meses de vida mas deus tem me dado forsa para suporta esta dor mas ainda sangra muito

  5. Parece que aconteceu hoje mesmo… | Sturm und Drang!

    […] de saber que já havia me deixado. Talvez, no íntimo já o soubesse. Encontrei, caído no chão, o cordão de prata com a cruz que eu lhe dera. Ele sempre me dizia: “esta cruz me dá muita sorte!’ Ao vê-la, ali, pensei: […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: