Machado de Assis era indiferente aos problemas dos negros?

Acusado de ignorar questões sociais como a Independência do Brasil e a Abolição da escravatura, de não ter citado o negro em sua obra e de não ter feito a campanha abolicionista, Machado tem, em sua defesa, a própria obra. Ela revela de modo inconfundível seu ideal liberal e republicano ao reivindicar dignidade para todos.

Sua personalidade se percebe através de seus personagens misteriosos e tão reveladores. Machado faz, como poucos, uma interpretação da história do Brasil, sem partidarismo, sem levantar bandeiras.

Existem ocorrências outras da problemática do negro em obras machadianas. Contudo, apresentam-se também, como já fôra dito anteriormente, de forma recôndita, mas vivaz. Tratando, de sobremaneira, através de uma ótica mais universal no que concerne à miséria e a exploração do homem pelo próprio homem, logo, também, do escravo. Exemplo disso se observa no romance Esaú e Jacóquando o autor infere sobre a miséria social não só sendo um problema do negro, mas também, do branco pobre e marginalizado. “Abolição é a aurora da liberdade; esperemos o sol; emancipado o preto, resta emancipar o branco” (ASSIS: 1908). [Machado de Assis e a presença do negro na Literatura Brasileira]

Machado de Assis atravessa as gerações como um clássico. Por quê? Primeiramente, devido à incontestável pureza da língua portuguesa, que confere qualidade extraordinária a seu texto. Além disso, Machado resgata toda nossa história e cultura, estabelecendo, em sua ficção, um diálogo intertextual com a melhor literatura de seu tempo e do passado. Deste modo, faz existir uma tradição de leitura, trazendo em sua obra a consciência de uma literatura brasileira.

Há quem deteste lê-lo, o que é compreensível, pois, para tal, é necessário maturidade literária. É surpreendente, como Machado, tão jovem, demonstrasse tanto discernimento e contruíssse, em um texto de tanta maturidade, uma percepção do mundo com extrema profundidade.

Se você apenas teve contato com a obra de Machado de Assis, ainda na adolescência, e teve de lê-lo por obrigação, não pôde, na época, alcançar a beleza e a profundidade de seus textos. Mas, ao relê-lo, hoje, com maior profundidade cultural e mais maturidade,você perceberá que, a cada leitura, se descobre algo novo em seus infindáveis mistérios. Muitas gerações ainda se surpreenderão ao ler Machado de Assis.

Imagem: daqui

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

7 comentários para “Machado de Assis era indiferente aos problemas dos negros?”

  1. Cejunior

    Eu não gostava dele quando era garoto. Só bem mais velho consegui apreciar sua obra.
    Você está certa, é preciso quilometragem para curtir o Machado de Assis.
    Um beijão.

  2. renata

    precisa de mas i formação sobre machado de assis estou fazendo um trabalho da conciÊncia negra mas so tem poucos coisas em todos os sites .esta dificil pesquisar sobre macahdo de assis os sites não me ajudam

  3. Rodrigo Faustino Mayer

    Como alguém pode dizer que Machado de Assis não aborda o negro, a sociedade! Cocerteza esses são desconhecedores de sua obra literária!

  4. Ana

    Não acho que as obras dele retratavam muito isso apesar de serem livros excelentes. No entanto nunca tive a maravilhosa experiencia de ler todas as obras dele. Sempre achei Machado de Assis o máximo e agora mais ainda já que as pbras del encantam um publico enorme, de diversas idades tipo eu que com apenas 11 ano me encanto com suas obras desde meu 7 anos.

  5. Ana

    As obras literarias de Machado de Assis abordavam diversos assuntos inclusive sobre o negro na sociedade. È uma pena que nem todas as pessoas apreciam as obras, e geralmente são essas pessoas que são racistas ou algum tipo de ser que apesar de tudo não concegue conviver com pessoars diferentes; tanto no modo de pensar, no modo de agir, falar, ou na difereça de cor pele, cabelo e entre outros demais

    1. Denise Rangel

      Ana, a gente precisa reler Machado, quando se chega à maturidade. A compreensao de sua obra se expande e enriquece.
      beijo, menina

  6. Don Goudge

    Hey there, You’ve done an incredible job. I¡¯ll certainly digg it and personally suggest to my friends. I am sure they’ll be benefited from this website.

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: