4 comentários para “Livrai-nos do mal”

  1. Marcelo Cunha

    Olá, sempre tive uma dúvida. Por que no fim da oração do Pai Nosso “…e não nos deixei cair em tentação, MAS livrai-nos do mal…”
    Este ‘MAS’ é uma conjunção adversativa ou estou enganado?
    A ideia do “livrai-nos do mal” não vai de encontro à anterior, pressuponho.
    O mais correto não seria “…e não nos deixei cair em tentação, E livrai-nos do mal…”?
    Grato por possíveis respostas.

    1. Denise Rangel

      Olá, Marcelo
      Este ‘MAS’ é uma conjunção adversativa, que tem a função de fazer oposição ao enunciado anterior. Significa:”e não nos deixei cair em tentação, PELO CONTRÁRIO, livrai-nos do mal…”.
      Obrigada por vir ao nosso blog. Volte sempre.
      abraço, garoto

      1. Marcelo Cunha

        Obrigado pela resposta Denise. Mas ainda não me convenci rsrs, desculpe-me.
        Como em “…e não nos deixei cair em tentação” deixa claro um pedido, uma súplica, da mesma forma em “MAS livrai-nos do mal” também é um pedido, portanto NÃO É uma ideia adversa à anterior.
        Ou seja, o uso do “MAS” como oposição não se justifica.
        Afinal nas duas situações são pedidos semelhantes contra o “mal”, não havendo entre eles, portanto, distinção para se ter o uso de uma conjunção adversativa.
        Desculpe-me pela insistência e mais uma vez agradeço pela disposição ao me responder.

  2. Rodolfo

    Eu também não entendo este “mas”, vou continuar pesquisando e qualquer novidade te informo Marcelo.

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: