7 comentários para “Escritor ou blogueiro?”

  1. tony

    O blog é um livro virtual… então podemos dizer que, cada blog seu é um livro, mesmo que você não acredite que seja :)… na minha visão, não existe a divisão entre escritor e blogueiro. Somos produtores de conteudo, e envelopamos este conteudos em caixinhas diferentes, que alcançam resultados e tamanhos diferentes… seja para uso particular ou comercial. Ai cabe a quem prefere, a alcunha que for mais confortável.

    dos anteriores:

    # como é bonito o amor de avó 🙂

    # voce está reconstruindo sua rotina, vai levar um tempo pra se

    adaptar. Mesmo aposentada, você está trocando de rotina… é

    questão de esquecer o peso da palavra e tentar lembrar que a vida

    toda é rotina, no fim das contas, ficando mais pra nós dedidirmos o

    quão positiva ou negativa ela será. Não nutro nenhum “fantasma

    semanal”, mas a minha vida é organizada levemente diferente do

    calendário dos demais; pra mim o “domingo” é no sabado, e o

    domingo mesmo é como um outro dia da semana… considero ela

    terminada quando saio do meu futebol, as 17h.

    # o video é excelente para melhorar a maneira como instruimos

    nossas crianças, mas infelizmente tem provocado mais essa onda

    de terror, como se fosse uma propaganda indireta para empresas de

    segurança, fabricantes de telefones, empresas que prestam

    serviços que impeçam as crianças de fazer qql outra coisa q senão

    estarem presas a horarios e compromissos “desde sempre”.

    # para voce ver o café funcionando novamente, é como qualquer

    outra droga… precisaria da abstinencia da cafeina por ao menos 2

    semanas, para que dai ele volte a fazer seu principal efeito.

    Acostumei meu corpo a ter 4 horas de sono durante 5 dos 7 dias, e

    de sabado pra domingo, posso tanto dormir as 22h quanto não

    dormir, que fico “no mesmo estado”…

    # não fico sem, e consultando nutricionistas, eles até disseram:

    pode, o que não pode, e com nada, é exagerar; opte sempre pelo

    doce após o almoço, que o processo de digestão e de

    “transformação no corpo” [queima de gordura e ganho de energia] é

    mais acelerado neste periodo do dia. Estou conseguindo me virar

    legal :)…

    # ao invés de encarar o blog como um trabalho, encaro como um

    compromisso. De deixar os pensamentos livres, que abram espaço

    para outros; De desabafar, de criar, e de deixar que outras pessoas

    saibam, com outras palavras, o que eu penso; De registrar, para o

    meu “eu futuro” e para meus filhos, o que e como sentia em

    determinadas fases da vida. Por isso mantenho a rotina de escrever

    há 10 anos, com curtas pausas… as demais preocupações [em

    especial com a “qualidade do texto = retorno de audiencia”] ficam

    em segundo plano sempre. Já cumpro a minha cota de “fazer o que amo trabalhando” com a publicidade, rs.

    # considero toda e qualquer forma de ofensa um presente. Cabe a gente escolher se fica com o presente ou não… raramente fico com esses. Nunca fui a temas muito populares ou densos no meu espaço, mas procurei responder a eventuais criticas com a expansão do ponto de vista, sem jamais buscar a necessidade de estar certo. Não sei se por sorte ou por paciencia mesmo…

    ótimos dias pra ti!

  2. luma rosa

    Oi, Denise!
    Blogueiro é uma mistura de jornalista com escritor. Um ser em evolução…
    Blogar é terapia e exercício da escrita. Lógico, para pessoas que realmente falam além das “coisas” e do palp
    No blogue a escrita é mais descompromissada e tento escrever de forma mais simples. Faço editorial para a tv local e vejo o quanto o blogue me ajudou nessa questão de escrever mais próximo do público. Nunca tive sonho de ser escritora, mas tenho alguns rascunhos de memórias que talvez transforme em livro quando me aposentar.
    Não abandone seu sonho! Escreva inicialmente para você sem pretensão e depois com um olhar mais distante, analise as possibilidades. Triste pensar que deixamos algo inacabado no passado.
    Beijus,

    1. Denise Rangel

      Luma,
      Considero a tua escrita de excelente qualidade e altíssimo nível.
      Com certeza, os blogs nos fornecem esse exercício de conciliar o formal com o informal, de nos adaptar a diversos públicos.
      Quanto ao sonho, não tenho mais pretensão de torná-lo realidade. Contento-me em escrever para o blog; não é algo que ficou para trás, já está resolvido.
      beijo, menina

  3. Ana

    Pois eu sou escritora, Denise! Eu fico dizendo isso pra mim mesma pra tentar me convencer disso. Sabe aquela coisa que quando a gente bota pra fora, a coisa é real, a coisa acontece? Então. Parei de dizer que não sou escritora. Sou sim. Apesar de não escrever o quanto eu gostaria, e de não ter a garra necessária pra levar isso a sério de uma vez por todas. Sei que sou somente eu que me boicoto, mas isso vai acontecer um dia. Tenho certeza.

    Blogar é bom demais, concordo com você! 🙂

    1. Denise Rangel

      Puxa, Ana, que bom que você tem esta convicção. Já está no meio do caminho. Agora é só arregaçar as mangas e fazer acontecer. Fico na torcida e quero ser a primeira a comprar o teu livro.
      beijo, menina

  4. allanrobert

    Se blogasse com frequência, seria blogueiro; se soubesse escrever e vivesse disso, seria escritor. Sou escrevista, uma palavra recém adicionada ao léxico português desde o segundo passado.
    Mas, taí: gosto disso.

    🙂

    1. Denise Rangel

      Allan, escreves no blog, tens Livro publicado e não é escritor? É, sim,senhor! Escritor e blogueiro. E dos bons.
      Gostei do termo criado. Também sou escrevista, hehe.
      abraço, garoto

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: