Cebolas e beterrabas assadas

Vi, agora há pouco, uma receita de cebolas e beterrabas assadas, que me deixou com água na boca, lá no blog Carta da Itália, do amigo Allan. Muita gente não gosta de comer cebola por causa do forte cheiro que provoca um hálito desagradável. Uma forma de deixar o sabor mais leve é consumi-la assada.

A cebola contém sais minerais, vitaminas e fermentos que ajudam a digestão, estimulam o metabolismo e trazem benefícios ao organismo, como a proteção contra algumas infecções do aparelho digestivo, diminuição do nível de glicose no sangue e proteção contra a arteriosclerose. Será que não compensa o mau-hálito temporário?

A beterraba, embora contenha açúcar, tem poucas calorias e é rica em ferro, proteínas, sais minerais e ácido fólico. Contém fibras solúveis que diminuem o mau colesterol e são essenciais para manter o bom funcionamento do intestino. E ainda ajuda a aumentar a resistência física.

A receitinha

Na receita do Allan, basta assar no forno por cerca de uma hora e meia a duas horas, em temperatura de 180 graus, algumas cebolas e beterrabas grandes, com a casca. Acredito que se as envolvermos  em papel alumínio, esse tempo cai para 40 minutos.

Depois de assadas, devem ser descascadas ainda quentes e temperadas com azeite de oliva extra virgem, sal e pimenta do reino (eu a substituiria por uma outra erva, devido à minha alergia).

E pronto! Ele recomenda servi-las como entrada ou contorno de um prato. Podem ser consumidas quentes ou frias. Estou curiosíssima para prepará-las. Ainda não experimentei a receita, mas tenho certeza de que deve ser uma delícia. Afinal, as dicas do Allan são sempre quentíssimas!

Foto: João Kernick

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

8 comentários para “Cebolas e beterrabas assadas”

  1. Allan

    Denise,

    Obrigado pelo link e pelos elogios. 🙂

    Comer coisas simples é mais saudável e dá menos trabalho, mas é preciso lembrar que as vantagens vão além, como você bem descreveu. Cebolas e beterrabas possuem qualidades nutricionais que ajudam a prevenir doenças, assim como tantos outros vegetais. Curiosamente, achei que você iria gostar do assunto por ter se tornado vegetariana.

    Beijocas

  2. denise rangel

    É sempre um prazer citar os bons textos dos amigos. Aliás, as suas receitas, particularmente são de deixar a gente com água na boca.
    Quanto à alimentação saudável, é uma opção desde que passei dos 40 🙂
    E sabe que não preciso fazer reposição hormonal?
    Ah, e não me tornei vegetariana, pois consumo ovos, leite, queijos (e derivados do leite em geral).Só não como mais carne.
    abraço, garoto

  3. aninha pontes

    A beterraba eu não conhecia assada. Agora a cebola fica deliciosa.
    Asso-as, quando fazemos churrasco, envolvida em papael alumínio, jogo dentro das brasas, não gostamos dela muito amolecida.
    Depois é jogar um pouco de molho de soja, e comer muito.
    Beijos.

  4. denise rangel

    Aninha,
    Hum, deve ser ótima! Na brasa, com molho de soja. Mais uma que eu não conhecia.
    beijo, menina

  5. Valentim

    Gosto muito de beterraba. imagine só que no outro dia vi suco de beterraba em garrafa. bebi e me deixou os dentes todos vermelhos 🙂
    a beterraba é muito saudavel, penso. é boa para muitas coisas e tem muitas vitaminas. até ajuda a combater a inflamação… essa não sabia… vi em http://www.i-legumes.com/beterraba_beneficios.html
    as coisa que a gente aprende…
    parabéns

    1. denise rangel

      Valentim,
      Todos os frutos da natureza são benéficos à saúde. Deveríamos tirar mais proveitos deles em vez de nos entupirmos com ‘porcarias’ industrializadas e calóricas.
      Obrigada pela visita a nosso blog.
      Volte sempre que quiser.

  6. Bafo de cebola? Resista a este prato, se for capaz! | Sturm und drang!

    […] Cebolas e beterrabas assadas […]

  7. A Cozinha é Nossa! » Blog Archive » Bafo de cebola? Resista a este prato, se for capaz!

    […] um hábito muito cultivado, por conta do forte cheiro que deixa o hálito impregnado. Embora haja maneiras mais agradáveis de degustá-las, ainda assim, a pobrezinha é injustamente […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: