A minha verdadeira Páscoa

Embora seja louca por chocolates e bombons, não os associo à Páscoa. Não a Páscoa autêntica, em seu sentido real. Durante muito tempo, ela tem sido celebrada como uma festa pagã, com coelhinhos e ovos de chocolate, desviada de seu real significado.

A páscoa religiosa

Na verdade, a páscoa é a comemoração da libertação do povo de Deus, os hebreus, de mais de dois séculos de escravidão no Egito, há cerca de 3300 anos. O povo deveria comemorar a saída do cativeiro comendo um cordeiro, pães asmos e ervas amargas.

Era um dia de tristeza, pois o anjo da morte passaria e todos os primogênitos em cuja casa não houvesse, na verga da porta, o sangue do cordeiro, deveria morrer. As ervas amargas representavam o sofrimento e a escravidão que tiveram no Egito; os pães asmos, a urgência de sair rapidamente, e também, figurava o Pão da Vida.

Já o cordeiro imolado e seu sangue passado na verga da porta era a figura do Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, que exatamente na Páscoa, 1300 anos depois, foi morto, como o Cordeiro Pascal. Esta era a mais importante de todas as comemorações da Páscoa, pois o Cordeiro de Deus seria imolado. Esta era a Páscoa esperada por mais de 3000 anos, o momento da redenção, de reencontro do homem com o seu Criador.

“Porque Cristo, a nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Pelo que façamos festa,… com os pães ásmos da sinceridade e da verdade”. I Corintios

Minha páscoa cotidiana

Cada vez que participo da comunhão, estou celebrando a Páscoa, pois o faço em memória Dele. E isto faço o ano inteiro, e não especialmente na Páscoa uma vez ao ano. E a verdadeira celebração é aquela em que finalmente podemos deixar o egoísmo e permitir que Ele seja realmente ressurreto. Cada vez que minha mesquinhez se manifesta, Ele continua crucificado dentro de mim.

Portanto, embora coma chocolates o ano inteiro (e, é claro, na Páscoa acabo comendo muitos mais chocolate do que devia …), no domingo, estarei celebrando a Páscoa cristã, relembrando a morte e ressurreição de Cristo. Acredito nisso, com toda força de minha alma, e o fato de alguns não crerem nEle, não muda sua veracidade.

Esta páscoa é especialmente diferente pra mim… Comprei ovo de chocolate pra Princesinha, é claro, e refleti muito mais sobre meu relacionamento com as pessoas e, inevitavelmente , com Deus. É um misto de amor e medo diante de Sua soberania sobre nosso destino. Além disso, há exatamente 366 dias, tenho alguém pertinho dEle, sorrindo pra mim…

Muita paz pra todos e um abraço muito especial e emocionado no Allan, do blog “Carta de Itália”, que também teve seu papai levado pra junto do Pai…

Participando da blogagem coletiva: “O que é a Páscoa pra você?” promovida pela Polyane.

Fonte: Aqui

imagens Google

Gostou do Blog?

O que é RSS?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!
Digite seu email:

10 comentários para “A minha verdadeira Páscoa”

  1. valter ferraz

    Denise, então seria redundante te desejar Boa Páscoa, não?
    Um beijo grande para você

    Por quê? A Páscoa é algo bom, pois nos leva a refletir no amor de Deus por nós.
    abraço, garoto

  2. aninhapontes

    Que a ressureição sirva para nos fazer pensar e repensar em nossas atitudes, em nosso egoísmo, e nos faça melhor.
    Que ela sirva para fortalecer a nosa fé.
    Um beijo grande prá você, a filhota e a princesinha.
    Aqui não tem ovos de chocolate este ano.
    Mas minha páscoa será ótima.

    Não tenho feito outra coisa ultimamente:pensar e repensar minhas atitudes. A fé tem aumentado.Não tem outro jeito.
    Ah, não tem chocolate? Não fico sem ele uma semana!!! Tsc…tsc…
    Deus abençoe vocês, querida!
    beijo,menina

  3. Patty

    Denise,
    Vc é tão caprichosa para escrever e tratar dos assuntos q dá gosto de ler. Não vejo sempre aqui, mas te acompanhado em todas as postagens pelo bloglines, viu?

    Acho que o principal sobre tudo o que vc disse é mesmo viver a Páscoa todos os dias nas nossas atitudes diárias.

    Desejo-te uma Páscoa de renovação e fé.
    Um beijo

    Que gracinha que você é, he he. Obrigada pelo carinho, fique à vontade pra comentar, tá. Bem, se não formos cristãos em nosso dia a dia, cumprir tradições em datas marcadas não me soa coerente, entende.
    beijo, menina

  4. Renata

    Olá Denise!
    Vim pela blogagem e tive uma agradável experiência ao ler seu post e conhecer seu blog. Tb acho que o significado interior da páscoa deve ser praticado todos os dias, até porque não é preciso ter uma data para sermos pessoas de bem, não é?! Entretanto acho que os diversos significados da páscoa podem conviver harmonicamente. O coelhinho, por exemplo, nada mais é do que um símbolo para a renovação.
    Desejo uma feliz páscoa a você e seus familiares!

    Bem-vinda, Renata. Nada contra os “símbolos”, desde que a criança ou adulto esteja ciente de que a Páscoa é vida renovada. Feliz páscoa, o ano todo, pra ti também.
    beijo, menina

  5. Luma

    Denise, ah se todos pensassem como você! Principalmente quando diz “Cada vez que minha mesquinhez se manifesta, Ele continua crucificado dentro de mim” – Nem todos têm o Deus vivo dentro de si.

    Feliz páscoa! Beijus

    É verdade, Luma, as pessoas querem ver para crer, e aí fica difícil. Eu creio nEle, mesmo que tudo esteja adverso. boa páscoa o ano todo pra ti.
    beijo,menina

  6. mélica

    Tb estou participando da Blogagem Coletiva e então, vim visitar os participantes e desejar uma Feliz Páscoa.. que seja um momento de muita paz e reflexão.. Beijos!

    Mélica, obrigada pela visita ao meu cantinho. Bem-vinda e volte sempre. Visitei seu blog e gostei do que li. Uma ótima páscoa cotidiana pra você também.
    beijo, menina

  7. Poliane

    Que linda participação!!

    É inevitavel nos dias de hj oferecer chocolates… ainda mais eu que amo chocolates, mas este ano eu confeccionei os ovinhos para minha filhota!!

    Obrigada por participar!!
    Que a sua pascoa continue tendo todo esse significado especial para vc e para a sua princesinha!

    Foi um prazer, Polyane! Que sua páscoa também seja diária, ou seja, que esteja sempre relembrando Sua ressurreição com suas atitudes do dia a dia.
    beijo,menina

  8. Celia

    Olá Denise! Estava eu passeando pelo seu blog e me deparei com este post que você escreveu na última páscoa. Fiquei muito impressionada, pois, mesmo sem conhecermos os blogs uma da outra, fizemos posts muito parecidos sobre o assunto, eu escrevi praticamente as mesmas coisas no meu blog nessa mesma data, até o título da postagem é o mesmo! Acho que só pode haver uma explicação para isso: a Fonte para o conhecimento de tal assunto deve ser a mesma, a Bíblia!
    Grande abraço! Deus te abençoe!
    Celia, não houve coincidencia nenhuma em nossos posts. Eu estava participando da blogagem coletiva sobre a Páscoa e pesquisei sobre o assunto (há o link lá) e também usei minhas convicções a respeito do assunto, pois minha fé em Cristo ilumina a mente.
    Muito bom conhecê-la!
    beijo, menina

  9. Tweets that mention A verdadeira Páscoa | Sturm und drang! -- Topsy.com

    […] This post was mentioned on Twitter by denise rangel. denise rangel said: A verdadeira Páscoa é cotidiana:Cada vez q minha mesquinhez se manifesta,Ele continua crucificado dentro de mim. #família http://ow.ly/1ux9E […]

  10. Páscoa cara. Caríssima. | Sturm und Drang!

    […] cristãos em nosso dia a dia, cumprir tradições em datas marcadas não me soa coerente.  E a verdadeira celebração é aquela em que finalmente podemos deixar o egoísmo e permitir que Ele seja realmente […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: