7 comentários para “dor “reproduzida””

  1. Yvonne

    Denise, vou evitar comentar em respeito a dor da mulher pela morte do filho, mas não dá para entender uma coisa dessa. Beijocas

  2. Yvonne

    Denise, eu de novo. Por favor leia o post da Vera de 01.11.2007 sobre a paz na Terra. Foi o mais lindo.
    Beijocas

    http://veragy.blog.uol.com.br

  3. aninha-pontes

    Denise eu como a Yvone respeito a dor de mãe, mas, não dá para sentir a sua própria dor?
    Tem que copiar a dor e o post dos outros?
    Se tenho dificuldades para expressar meus sentimentos, não digo nada.
    Deixa prá lá.
    Beijos linda.

  4. Luma

    Denise, você leu o texto em cache porque para ler o blogue precisa de registro no site, não é?
    Uma situação muito delicada. Talvez o destino queira aproximá-las. Vai saber!
    Que seu texto serviu para que uma pessoa com dificuldades de expressar emoções represadas, não podemos negar. Aqui abre-se uma lacuna na minha cabeça. Acho que agiu certo.
    Bom feriado! Beijus

  5. Márcia(clarinha)

    Minha querida,
    ela se espelhou nas suas palavras para externar sentimentos tão iguais aos seus, não sei o tamanho dessa dor, mas sei que desmoronaria ao sentí-la.
    Carinho meu procê,flor
    beijos

  6. Adelino

    Denise, tudo bem, respeitamos os sentimentos da pessoa, só que ela deveria ter pelo menos citado o link de seu blog, ou se não, fazer os devidos créditos, não acha?
    Beijos

  7. denise

    Queridos,
    Eu realmente não pude deixar de compreender sua dor, e, em respeito a ela, relevei, como já disse. E, fico com o comentário da Luma. Tá tudo bem.
    Yvonne, vou ler a indicação, tá , linda?
    Aninha, talvez ela nem tenha conseguido palavras. Compartilhamo-las.
    Adelino, tá tudo bem, no caso em questão, tudo bem.
    beijos em todos, meninas e garotos

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: