2 comentários para “2ª com Poesia: você suaviza minha vida com seu amor”

  1. tony

    A gana por dinheiro fez com que a série ganhasse “os 2 anos que não precisava”, tanto que agora eles estão meio sem rumo pra como vão fechar nesta e na próxima, que tem tudo para ser a última. Gostei da reaproximação do Sheldon com a Amy, não tinha como não ficarem juntos ;)… e sim, a musica é bonita!

    dos demais posts: assisti os 13 episodios de jessica jones e gostei demais! Mais do que empoderar as mulheres, gostei da igualdade de tratamento entre as personagens, e de deixar o realismo tender mais para o lado negativo do que para o positivo. No “demolidor” também do Netflix existe esta sinergia. É imprescindivel que sejam criados cada vez mais conteúdos – outro com o mesmo peso são as séries da Shonda Rhimes – para que a minha e as proximas gerações sigam “aprendendo com o mundo” a redefinição deste conceito de “papel” na sociedade.

    De fato, precisamos de moderação não apenas na alimentação, mas para a vida. Estou entrando nos ultimos de 50 dias de férias e não mudei o volume total de alimentos ingeridos, apenas os horários e as quantidades (tres refeiçoes ao invés das 5). Soma-se a falta de exercicios (viagem e lua de mel), temos o saldo de 6kg, literalmente sem esforço. O corpo é uma maquina que sabe como trabalhar e as vezes deixamos que nossa mente atrapalhe. Não basta apenas um médico nos dizer que precisamos estar saudáveis, precisamos nos sentir assim também, para conseguir ter um ritmo de alimentação que nos permita uma vida de qualidade.

    sobre blogs como extensão de conversas, estou nessa há 11 anos e não me vejo parando, por enquanto. Nunca escrevi para aparecer, e sim por gostar. O facebook é uma ferramenta de trabalho para mim, mais do que de diversão ou de consumo do tempo, mas também tem seu valor como extensão de conversas: as vezes nos apegamos a certas convenções digitais que simplesmente não fazem sentido, por exemplo: se você muda a sua timeline para seguir as postagens por ordem cronologica e não pelas de maiores comentários e curtidas, já começa a matar o senso de futilidade e “alta falsa felicidade”, blindando-nos também das interminaveis discussoes sobre sexo dos anjos e do senso de cansaço que a velocidade das coisas sugere. As pessoas que não podemos deixar de ter laços virtuais mas também não nos adicionam nada no dia a dia, basta o uso do mecanismo “deixar de seguir”. Veja nas páginas que “curte” a opção para receber primeiro a informação na timeline, e pronto: virou um feed onde realmente só aparece o que te interessa / com o que você pode aprender.

    Excelente 2016 pra ti!

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: