Um comentário para “Vivo! Morto! Conexão Frankstein”

  1. tony

    Consigo ficar desprendido da tecnologia [no intervalo que chamam de férias coletivas eu pude praticar bastante disso], mas de fato é imprescindivel para o meu trabalho. Consegui organizar a minha rotina para não depender da conexão de operadora, sequer tenho plano de conta, pois sei que é queimar dinheiro, até mesmo nas capitais. As operadoras fazem o “pro gasto”, não se interessam em entregar um serviço com qualidade de fato. Maldita cultura nacional… nas poucas vezes em que dependi, deu certo. Mas jamais deixei que ela fosse essencial para um trabalho, pq era garantia de frustração.

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...