9 comentários para “O mar está para tubarão”

  1. Lucia Malla

    “Estes lindos!” <3 <3 <3

    Obrigada pela citação, Dê! Muito pertinente seu post.

    Beijos!

    1. deniserangel

      Malla: ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

  2. Garry V. Ruiz

    O tubarão-branco é uma ameaça que requer cuidados extremos, já que mostra comportamento alimentar muito diversificado. Sua dieta é composta basicamente por focas e leões-marinhos ; isso se dá porque esses animais possuem muita gordura. No entanto, essa espécie se mostra agressiva à qualquer animal – presa – que transite próximo. Há muitas dúvidas se essa postura é por curiosidade, ou realmente voracidade alimentar. Cientistas ainda divergem se tubarões brancos confundem humanos com focas, tartarugas ou leões marinhos. Em alguns testes recentes, um boneco vestindo uma roupa de mergulho foi seguidas vezes atacado por um tubarão branco, mesmo sem conter aroma de carne, peixe ou esboçar movimentação. Para se ter uma idéia da visão desses animais, eles conseguem distinguir espécies de leões marinhos e diferenciar o ataque por espécie, para evitar um possível ferimento durante a caça.

  3. Julio Corrêa

    Lúcia, estive em Recife em junho e fiquei impressionado com os novos postos de salvamento em Boa Viagem. Acho que é realmente previnir esses ataques. Mas a culpa definitivamente não é dos lindos. Mesmo por que, eles detestam carne humana.
    bj

    1. deniserangel

      Que bom, Julio, que novos postos de salvamento sejam criados. Por outro lado, isto revela a necessidade deles. Seria a teimosia humana em desobedecer os avisos?
      abraço, garoto

  4. luma

    Oi, Denise!!
    Aqui em Cabo Frio também aparecem tubarões na praia e as pessoas são alertadas para não entrarem no mar. Quando o mar está para tubarão, a praia lota de tabuletas e bombeiros salva vidas andam para todo lado. Mesmo assim, algumas pessoas acham que é exagero que pode gerar insegurança e medos desnecessários na população e também espantar os turistas de Cabo Frio.
    Os tubarões sempre estiveram presentes aqui e em Arraial do Cabo em convivência pacífica, já que nunca houve um ataque. Eles chegam mais perto da zona de arrebentação das ondas onde capturam peixes para comer.
    O alerta serve mesmo para que as pessoas não cheguem muito perto. Vai que uma pessoa seja confundida com uma tartaruga marinha?
    Beijus,

    1. deniserangel

      Luma, a convivência pacífica é o ideal. Confunde-me a ganância humana que mais se preocupa com os lucros do turismo que com a própria vida.
      beijo, menina

  5. Sybylla

    Fiquei muito triste de ver esse medo irracional sobre os tubarões sem que se pense na perda de habitat destes animais magníficos e que exigem o respeito que merecem. Eles não estariam tão perto da praia se seu habitat estivesse intacto ou recuperado. Pintam o animal como uma criatura vil – vários filmes retrataram isso – quando na verdade o ser humano é o verdadeiro perigo. 🙁

    1. deniserangel

      Sybilla, estive pensando sobre isto: o modo como os tubarões são descritos no filme, e a gana por matá-los. Educação, informação e muita conscientizaçao são uma parte da solução. A vontade humana, muitas vezes, impede que esta convivência pacífica se estabeleça.
      beijo, menina

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...