5 comentários em “Amigos? Tenho poucos.”

  1. Profº Bauru

    Denise, seu texto é bastante pertinente quando consideramos que hoje em dia, basta que você siga a pessoa no Twitter, basta que seja amigo no Facebook, pra pessoa achar que vocês são os melhores amigos. Tenho, nos últimos tempos me preocupado muito mais com as pessoas com quem tenho “amizades”. Falando menos, interagindo um pouco menos, aparecendo menos, minha vida tem sido MUITO mais tranquila.

    1. denise rangel

      Prof.ºr Bauru
      Obrigada pela visita e participação.
      As redes sociais ampliam as possibilidades de se conhecer novas pessoas e quem sabe, encontrar amizades sólidas e permanentes. Mas isto não significa que devamos ficar alheios a qualquer demonstração de afeto e amizade. É preciso discernir as verdadeiras intenções. As ações falam mais alto que as palavras.

      abraço, garoto

  2. Sybylla

    É o efeito da evasão de privacidade. As redes sociais expõem demais as pessoas. E muitas vezes elas vêem as opções de preenchimento nos perfis e vão colocando sem prestar atenção no que estão pondo ali. Amigos numa rede social não são aqueles que estão nos consolando ou dando um suporte, nos fazendo rir numa mesa de bar, contanto coisas engraçadas.

    Os problemas da vida me fizeram ver o quão poucos eram meus amigos e como aqueles que eu mais considerava se mostraram vazios, superficiais e totalmente insensíveis com a minha condição.

    Agora mesmo, nos últimos meses, por problemas de saúde, estou afastada do trabalho e posso contar nos dedos de uma mão apenas aqueles que vieram me visitar. Isso faz a gente ter uma nova visão das pessoas.

    Assim como o professor Bauru, também tenho me reservado mais. O pseudônimo e a ausência do meu rosto pelo menos me garantem essa privacidade.

    Abraço!

    1. @deniserangel

      Sybylla,
      Concordo que a excessiva exposição pode atrair “amigos” de ocasião ou de interesse. Na vida real ou virtual, são nas horas de adversidade que eles se revelam. Quanto ao anonimato, penso que, se o objetivo é encontrar trabalho, ou expandir a rede de oportunidades, é necessário ser encontrado na rede.
      beijo, menina

  3. Não tenho 300 amigos | Sturm und Drang!

    [...] eu não tenho estes quase 300 amigos. Não mesmo! Tenho, talvez, cerca de dez, vinte? Tenho poucos amigos. De verdade. Que me conhecem e me respeitam. Que me falam a verdade, mas não me agridem. Amigos [...]

Deixe seu Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline