Seja uma mulher de peito: toque-se!

“A mulher precisa se conscientizar de que a mama é sua. Não é do marido, nem do filho.”

Embora atrasada, mas não fora de hora, trago minha participação na campanha Outubro Rosa, a convite da Sam Shirashi, sobre a importância da informação para detectar-se precocemente um diagnóstico de câncer de mama e aumentar as chances de cura na mulher.

Muitas mulheres ainda não se tocam para fazer o auto-exame, pois ainda vêem os próprios seios como atrativo para o homem, inveja para as mulheres ou simplesmente o alimento do filho. A mulher tem que se apoderar de sua mama. É a sua saúde que está em jogo. O auto-exame é importante e a mamografia também (a partir dos 40 anos, ou 30 anos, se houver casos da doença em parentes muito próximos).

Mulheres e homens (sim, vocês também!), vamos nos informar sobre o tema e escrever uma história diferente para todas as mulheres de sua vida: você mesmo, sua mãe, sua parceira, sua filha, suas amigas.

Participe, divulgue as informações pensando que a cada ano 8 milhões de pessoas em todo planeta recebem diagnóstico de câncer de mama e que uma em cada três mulheres tem, tiveram ou terão algum tipo de câncer em sua vida e, destas, uma em cada dez desenvolverá câncer de mama.

Suas informações e a divulgação das novidades sobre o tema podem significar o diagnóstico e o tratamento precoce de uma – ou mais – destas mulheres. Em nosso país 10 mil mulheres morrem em decorrência do câncer de mama por ano. O INCA (Instituto Nacional do Câncer) estima que são 49 mil casos por ano, o que seria equivalente a 134 novos casos por dia e 5 novos casos por hora.

Seja uma mulher de peito sadio. Faça o auto-exame e cuide de sua saúde.

Imagem: daqui

Compartilhar |

Gostou do Blog?

Assine o Feed RSS ou receba nossos textos por email. É grátis!O que é RSS?
Digite seu email:

Creative Commons License Texto de Sturm und Drang! A cópia não autorizada é proibida.

11 comentários em “Seja uma mulher de peito: toque-se!”

  1. Yvonne

    Denise, conheço mulheres simplórias que acham tudo isso besteira. Quantas mais campanhas forem feitas, maiores são as chances de recuperação das mulheres vítimas dessa doença.
    Querida, hoje irei pra o Rio e só retornarei para o mundo blogueiro na próxima quinta. Você e a Márcia Clarinha manifestaram desejo de se encontrarem comigo, mas infelizmente não poderei vê-las, visto que o meu curto tempo está todo tomado com o netinho. Até mesmo os parentes eu não poderei ver direito, apenas o meu irmão e uma prima. Fica para uma outra oportunidade.
    Beijocas e até a volta

  2. Grace Olsson

    DENISE,

  3. Grace Olsson

    Eu faço exame a cada 6 meses.
    Acho essencial. Eu, pelo menos, játive a doença duas vezes. E a doença é corriqueira na minha filha,.
    Eu fico impressionada como mulheres cultas dizem que dói o exame…
    Eu não acho.
    Olha, quanto ao fator mudança, eu luto por cada uma que desejo para mim, mas não pretendo gastar meu tempo mudando ninguém. E tento viver cada dia com a voracidade de leão noca tiveiro.
    Beijos e dias felizes, menina

  4. Mario

    Denise, ótimo alerta. Gostei, em especial, porque você lembrou que este exame também deve ser feito pelos homens que, igualmente, podem desenvolver câncer de mama.

  5. denise rangel

    Yvonne, acredito que esta mentalidade deve mudar, se campanhas forem feitas regularmente. Ah, curta bastante o netinho, a gente terá outras oportunidades, com certeza.
    beijo, menina

    Mario,
    Seria bom se os parceiros também estimulassem suas mulheres, mães e irmãs para frear uma doença que pode deixar marcas tão profundas, quando não é fatal. E que eles também se cuidem.
    abraço, garoto

    Grace, que luta ,hein! Ah, amiga, que Deus te dê muita força e coragem para driblar estes desafios. Dias felizes para ti também!
    beijo, menina

  6. valter ferraz

    Denise, malvada! Acaba de me tirar o brinquedo das mãos. Sua chata!

  7. Tina

    Oi Denise!

    O exame é fundamental e o tempo faz toda a diferença no diagnóstico. Deveria ser de lei para todas as mulheres.

    Lindo post, parabéns.

    beijos querida,

  8. Outubro Rosa - Rosamóvel. | Meu Veneno

    [...] Blog da Angélica (Parabéns moça!) Na casa da Vovó Gaveta de Criado Mudo Pri Alves Dani Doduti Sturm and Drang [...]

  9. Allan

    Denise,

    A prevenção pode salvar a vida de muitas pessoas, mas, por incrível que pareça, às vezes o que falta mesmo é informação. Arrepender-se depois pode não servir a nada. Divulgar, divulgar e divulgar.
    [Belo puxão de orelhas]

  10. denise rangel

    Valter,
    Pode continuar com seu brinquedinho, mas ajude a cuidar dele, para que nunca venha a faltar, hehe.
    abraço, garoto

    Tina
    Pois é, assim como a vacinação é uma obrigação da mãe para proteger o filho de doenças, o auto-exame e a mamografia deveria , também, ser uma obrigação, uma lei mesmo. Tens razão.
    beijo, menina

    Allan
    Com certeza, acredito que a falta de informação é a principal causa. Hoje em dia, há tratamento para pessoas carentes. Tive uma aluna, senhora, já de idade, que detectou o câncer de mama, ao participar de um “dia da saúde” na escola, quando profissionais vieram fazer atendimento à comunidade. Hoje ela está curada, mas penso que, talvez, ela jamais dtectasse a doença se não houvesse participado daquele evento na escola. Informação é tudo.
    abraço, garoto

  11. Meu orgulho das mulheres neste Outubro Rosa | a vida como a vida quer

    [...] Blog da Angélica (Parabéns moça!) Na casa da Vovó Gaveta de Criado Mudo Pri Alves Dani Doduti Sturm and Drang Evellyn Casal 10 Gente sem saúde LuxSalus RodOgrO Rosa 147 Saia Justa Duzão Tou em outra Cantinho [...]

Deixe seu Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline