23 comentários para “♥ Blog e chocolate…”

  1. Mamy

    Temos muita coisa em comum no “ato de blogar”. Também sou louca por blog. Aliás, esse era o nome do meu primeiro blog que, por uma bobagem, deletei. Se arrependimento matasse…

    Já tentou procurar os posts perdidos no Google? Achei alguns meus que havia perdido no primeiro blog que sumiu. Vai na busca e tenta palavras chaves.
    beijo,menina

  2. D. Afonso XX o Chato

    Bacana a tua história. Sei bem o que é ser blogólatra, heheh. Eu já contei a minha por lá. O primeiro post na Verbeat. Melhorou da garganta? bjs

    Estou melhor, obrigada. Fui lá no Verbeats, e não achei o primeiro post. Me dá o link. Gostou da foto da Condessa, que “surrupiei”, he he.
    abraço, garoto

  3. nanda

    Direitinho?? Nãooo, perfeitinho!!!
    O mundo dos “Blogs” aproxima pessoas, nos faz viajar, desse jeitinho que você falou, mesmo!
    Adorei saber um pouquinho mais de como tudo surgiu.
    Mais uma coisa que me identifico com você: chocolate. rssss
    Beijosss querida, adorei o post.

    Obrigada por me propor tão agradável tarefa. Ah, e o brigadeiro estava uma delícia…
    beijo,menina

  4. Yvonne

    Denise, para mim blogar tem sido de uma felicidade só. Aliás, vou fazer um post contando a minha experiência. Querida, melhorou da garganta? Espero que sim. Vou viajar hoje para o Rio e só aparecerei por aqui lá pela próxima segunda. Não vá fazer arte com a netinha enquanto eu não estiver por aqui, viu? Beijocas
    P.S.: Hoje estou contando o motivo de ter vindo morar em Guarapari.

    Já li seu post e comentei. Adorei sua experiência em Guarapari. Estou melhor da garganta ,mas, fazer arte com a Princesinha faz parte do processo, né, hehe.
    beijo,menina

  5. aninha-pontes

    Denise querida, cheguei para dar o meu bom dia!
    E o bem aqui do lado, já de olho em você.
    Puxa, que bom saber que você é blogólatra, porque quando não está, como esses dias aí, que estava doentinha, a gente sente a sua falta.
    Acho que o mais gostoso disso aqui, é essa interação que temos, a proximidade que temos, apesar da distância física.
    Aqui nos conhecemos, falamos de nossas angústias, das nossas alegrias, da nossas “babações” por nossos netos.
    Enfim, aqui nos sentimos entre amigos, amigos queridos que já não sabemos ficar sem eles.
    Beijos linda!

    Já tava sentindo tua falta, hehe! Estava pensando há pouco que parece que já nos conhecemos há tempos, né. Nossa interação não tem nada de virtual mesmo. Abraço aí no “bem”, he he.
    beijo, menina

  6. valter ferraz

    Denise, fico feliz que já melhorou. A gente doente não presta prá nada mesmo. Às vezes fico pensando: como uma pequena dor, um mal-estar acaba com a gente, não? A Aninha ontem escorregou aqui na cozinha, bateu o dedão do pé na cerâmica, chegou a chorar de dor. E eu aqui, sem poder fazer quase nada a não ser pegar gelo e fazer uma compressa. Mas quase sentí a dor que ela sentía.
    Bom, blogar é terapia mesmo. Eu quem o diga. Minha depressão melhorou muito depois que comecei.
    Agora um segredinho entre nós dois: “descobrí”o Sturm Und Drang na primeira semana de blogagem. Eu nem sabia colocar link, ficava enchendo o saco do Wilson Falchi, até que ele mandou a html para mim. Troquei de templates uma pá de vezes e nem sei se vou parar com isso. Enfim, depois da Aninha e de chocolate gosto mesmo é de blogar. Já desistí um montão de vezes. E desistí de desistir outras tantas. Fernando Cals resume bem:”Deixe de frescura. Pois puta arrependida e ex-blogueiro é figura de ficção: não existem!”
    Um beijo para você

    Ah, tadinha da Ana! Melhorou o dedão? Bota os óculos, menina! Eu vivo dando topadas dentro de casa. Bem, tomara que fique logo boa. Tens razão, blogar é terapia mesmo. Tô até pensando em fazer um blog pra minha filha. Anda tão estressada… Lembro de quando vocês chegaram. E nunca mais me abandonaram. Eram os comentários mais presentes durante minha ausência. Vocês são dez! Blog é terapia, sim.Concordo que parei com os calmantes quando retornei ao blog. Desistir, acho difícil. A gente pode até dar um tempo, mas acaba voltando. Cuida bem da Aninha, tá.
    abraço, garoto

  7. Patty

    Denise
    Tm penso como vc , sigo a intuição pra blogar, procuro manter a reciprocidade com os blogueiros e assim vou levando minha humilde opinião. Gostei muito do post, de saber como vc começou.
    Um beijo e uma ótima semana!

    Paty, bem-vinda! Então, não é melhor falar do que o coração manda?
    beijo,menina

  8. Luma

    Denise, concordo na íntegra com o seu texto, até quando diz do chocolate. Não sei se é vício blogar, sei que quero falar sobre algo, ouvir opiniões, interagir! E nessa de gostar tanto de blogar, nado contra a corrente; por aqui todos são contra blogues. Nesse quesito, respeito e evito falar das pessoas que me rodeiam. Porém acabo contando da minha vida em comentários, porque você acaba se envolvendo com as pessoas. Dei muita sorte na blogosfera, estou cercada de pessoas ótimas!
    A Denise não foi a primeira blogueira que conheci mas foi quase! O único blogue que conhecia antes do dela era o “Elasporelas”, numa época que nem imaginava blogar. Desta época também conheci a Yvonne, Tesco, Viva…éramos cometaristas e ficamos órfãos quando o ElasporElas acabou. Montamos o ex-EpEs, que mais tarde se tornou o Nós por Nós. IChi!! Tenho muita história pra contar de lá pra cá.
    Boa semana! Beijus

  9. Luma

    Vou dividir o comentário em duas partes, vai saber!
    Denise, concordo na íntegra com o seu texto, até quando diz do chocolate. Não sei se é vício blogar, sei que quero falar sobre algo, ouvir opiniões, interagir! E nessa de gostar tanto de blogar, nado contra a corrente; por aqui todos são contra blogues. Nesse quesito, respeito e evito falar das pessoas que me rodeiam. Porém acabo contando da minha vida em comentários, porque você acaba se envolvendo com as pessoas. Dei muita sorte na blogosfera, estou cercada de pessoas ótimas!

    Luma, não viraste spam, é que às vezes a coisa emperra mesmo. Tentei comentar no teu blog também, hoje de manhã , mas o Haloscan não abria de jeito nenhum. Vou lá tentar agora. Não quero nem saber quem é contra ou a favor, eu gosto e pronto! Faz bem e ainda ganho amigos. Inimigos? Nem sei se eles existem.
    beijo,menina

  10. Luma

    desisto!

    tenta de novo!

  11. Luma

    Meleca! Tá brincando comigo! Levei pitaco do wordpress! hahaha só me faltava essa!
    Beijus

    Calma…menina, já fui lá comunicar que você não é spam

  12. acomentarista

    É isso aí, blogar é coisa de gente séria ( como eu…ahahahaha) e nao é coisa de adolescente nao. Blog virou um veículo importante, que faz a diferença.

    beijos

    ps: a moça da foto sou eu sim 🙂

    Ah, agora só falta o nome… Vou arriscar: Vivian?
    Gente séria? Eu? Quem disse? hehehehehe,,,,
    beijo, menina

  13. Lord Broken Pottery

    Denise,
    Bacana ouvir relato de bloggeira mais experiente (não estou te chamando de velha, tá?). Sou relativamente novo nessa experiência que tem me tomado. Em todos os sentidos tem sido um barato. Todo escritor gosta de ser lido, de gente, de ler, de discutir, de aprender. Tenho tido tudo isso em grande quantidade. Você tem feito parte desse mundo novo que inaugurei faz pouco tempo.
    Obrigado!
    Beijo

    Umm, deixa eu espanar umas teinhas de aranha por aqui… h e hehehe.
    Experiente??? Cadê??? Tô começando também. Apenas não sigo regras, vou na intuição e curiosidade, mesmo. Obrigada pela amizade.
    abraço, garoto

  14. Ery

    Só percebo que, no meu caso, é um vício (mas um vívio bom!), quando fico sem computador, como neste último fim de semana. Blogar é muito bom. E quando estou um tanto “estéril”, ou seja, sem assunto, eu sinto o mesmo prazer apenas visitando os amigos e deixando algum comentário. Já fui chocólatra, sei o que é isto. Abraço.

    Ah, ah, é verdade? Tira o computador que a gente tecla até no joelho, he he. Quer um brigadeiro…
    abraço, garoto

  15. D. Afonso XX o Chato

    Tenta isso:

    http://www.verbeat.org/blogs/afonsochato/arquivos/2005/07/onde_e_como_tud.html

    conta como entrei na Verbeat. bjs

    Ah, já tinha lido! Pensei que era um post sobre como começou a blogar , no iníciozinho.
    abraço, garoto

  16. Alline

    Ai, que post mais deliciosooooooooo.
    Que bom , minha querida, que o blog funciona como terapia. Para mim funciona como um meio de me aproximar das pessoas, já que moro tão longe!
    Beijinhos

    Não é, menina? chego até a sentir o calor de Tefé aqui, quando você a descreve.
    Beijo,menina

  17. Cejunior

    Hum…que inveja!!!! Eu fui convocado para esse mesmo “meme” e não ganhei brigadeiro…. que tristeza…..
    Blogar é uma terapia sim, a Luma sabe das coisas. Todo o “ritual” de preparar um post requer inspiração, concentração e sorte (para não apertar a tecla errada e perder todo o trabalho! rsrsrs). E blogando descobri que podemos ser úteis, seja participando das “blogagens coletivas”, seja alertando, protestando ou ajudando as pessoas. E o mais importante, blogando fazemos um bocado de bons amigos!
    Um beijo, Denise e boa semana.

    Humm, deixa ver, ainda tem um pra você. Cuidado pra não viciar, he he. vou lá conferir seu post.
    abraço, garoto

  18. Lino

    Denise:
    Gostei de ver o seu jeito de blogar. E me insiro entre os bloglólatras, se é que isso existe mesmo.
    O blog funciona, realmente, como terapia e como relaxamento e nos proporciona, sem nenhuma dúvida, amigos reais, nascidos do mundo virtual.

    He he, se você diz… Quanto aos amigos, pra mim são reais quando trocamos idéias, conversamos por email, nos telefonamos, trocamos alegrias e dores, enfim, há uma identificação real. Ao contrário, há ‘amigos” do mundo real que são mais virtuais que os da blogosfera…
    abraço, garoto

  19. Elizabeth

    Oi Denise,
    É parece que comecamos do mesmo jeito a nossa história de blogs.
    A diferenca é que não gosto de chocolates…
    Estou indo de férias e voltarei em maio, até lá nada de pc para mim, tentarei desligar de tudo e tambem não tenho um desses portatil, senão até levaria hehehe. Até lá se cuida , Um beijão para você e mil beijocas na princesinha.

    É possível alguém não gostar de chocolates? Bem, boa viagem e descanse.
    beijo,menina

  20. Bombom » Chocólatra até a ponta das unhas

    […] já que tenho dois vícios: blogs e chocolates, como uma autêntica chocólatra que sou, minha tonalidade de esmalte preferida é  […]

  21. Chocólatra até a ponta das unhas | Sturm und drang!

    […] já que tenho dois vícios: blogs e chocolates, como uma autêntica chocólatra que sou, minha tonalidade de esmalte preferida é  […]

  22. Blogar: prazer ou dever? | Sturm und Drang!

    […] coletivas ou memes, como o que está ocorrendo este mês: o meme de dezembro do LuluzinhaCamp.  Para postar, sigo minha intuição e pronto. O que estiver me incomodando, indignando ou emocionando é sobre isso que vou […]

  23. Não há ninguém a me vasculhar na internet | Sturm und Drang!

    […] eu escolho me concentrar na diversão, no prazer e na alegria de ter uma comunidade de amigos, blogueiros e leitores, construída em torno de meu trabalho aqui no […]

Leave a Reply

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
%d blogueiros gostam disto: